Publicidade

Estado de Minas

ONU condena ataques extremistas na Nigéria


postado em 12/01/2015 18:49

Joanesburgo, 12 - O presidente da Organização das Nações Unidas (ONU), Ban Ki-Moon, condenou hoje o recente aumento de mortes por ataques de grupos extremistas na Nigéria, que deve passar por eleições em fevereiro.

O país enfrenta a ameaça do grupo extremista Boko Haram, que domina grandes porções do território do país mais populoso da África.

De acordo com o comunicado, Ban Ki-Moon está estarrecido com os recentes relatos de um ataque à cidade de Baga, perto da fronteira nigeriana com o Chad. Alguns estimam que o número de mortes pode chegar a 2 mil.

O presidente da ONU ainda citou relatos contando sobre uma menina de dez anos que teria sido usada como homem bomba no sábado. O incidente matou 19 pessoas em um mercado de Maiduguri, próximo à Baga. Fonte: Associated Press.


Publicidade