UAI
Publicidade

Estado de Minas CONTAMINAÇÃO

Varíola dos macacos: Minas Gerais chega a 3 casos confirmados

Secretaria de Estado de Saúde informou ainda que nove casos estão em investigação e nove foram descartados laboratorialmente


03/07/2022 15:48 - atualizado 03/07/2022 16:14

Homem sem camisa mostrando as mãos com sintomas da varíola dos macacos
Casos são investigados em seis cidades mineiras: BH, Contagem, Juiz de Fora, Pará de Minas, Sete Lagoas e Varginha (foto: Getty Image)
A Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG) informou neste domingo (3/7) que Minas Gerais já tem três casos confirmados de varíola dos macacos, também conhecida como monkeypox.

De acordo com o Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde (Cievs Minas), os dois últimos casos foram confirmados nesse sábado (2/7), todos em Belo Horizonte.
 
 
Ao todo, já foram notificados 21 casos suspeitos no estado. Além dos três confirmados, nove foram descartados laboratorialmente e nove estão em investigação em seis cidades mineiras: Belo Horizonte, Contagem, Juiz de Fora, Pará de Minas, Sete Lagoas e Varginha. 

Os dois novos casos são de homens, de 30 e 23 anos, com histórico de viagens para São Paulo. Ambos estão estáveis, mas o mais velho optou por ficar no hospital.

"O paciente está estável, sem sinais de gravidade, em isolamento hospitalar. A internação não foi devido a sinais de gravidade e sim por dificuldades sociais para o isolamento domiciliar", explicou a SES-MG.

Primeiro caso

Na última quarta-feira (29), o primeiro caso foi confirmado laboratorialmente pela Fundação Ezequiel Dias (Funed).  Trata-se de um homem de 33 anos, que esteve na Europa no mês de junho.

"O paciente está estável, em isolamento domiciliar. Os contactantes estão sendo monitorados e até o momento não houve identificação de caso secundário", declarou a secretaria.

Casos no país

O Ministério da Saúde confirmou que 76 casos de varíola dos macacos foram registrados em todo o país até o momento. Entretanto, apenas dois para Minas Gerais, o que poderia aumentar o total para 77.

Além destes, foram registrados um caso no Distrito Federal, um no Rio Grande do Norte, dois no Rio Grande do Sul, dois no Ceará, 16 no Rio de Janeiro e 52 em São Paulo.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade