UAI
Publicidade

Estado de Minas DISPUTA

Campeonato reúne jogadores de damas de Minas em BH neste domingo (17/10)

Capital mineira já registrou o maior evento de damistas do Brasil; no domingo, evento terá 32 participantes, como projeto piloto para uma disputa anual


15/10/2021 20:04 - atualizado 15/10/2021 20:32

Tabuleiro do jogo de damas
Torneio de damas de 100 casas reúne jogadores de todo estado em BH (foto: Arquivo pessoal)
Neste domingo (17/10), Belo Horizonte vai sediar uma competição estadual na modalidade de 100 casas do jogo de damas. A competição será realizada em um restaurante da capital e, devido à pandemia de COVID, foi restrita ao máximo de 32 damistas – como são chamados os jogadores de damas.

Já estão confirmados damistas de Contagem, Divinópolis, Betim e de Belo Horizonte. Um dos organizadores do evento, o professor João Pontel está animado com a competição. "Vamos ter a retomada das atividades depois desse período de pandemia, no qual muitos jogadores estiveram praticando apenas on-line ou jogando em praças. Inicialmente queríamos fazer um Open Nacional, mas tivemos que reduzir o torneio para competidores mineiros e com o teto máximo de jogadores para manter os protocolos de segurança no combate à pandemia de COVID", explica.

Segundo ele, o torneio deste domingo servirá como projeto piloto para um evento anual. "A partir do ano que vem, vamos ampliar o torneio, com mais jogadores, levando em consideração que a pandemia já estará controlada", afirmou.
 

Jogo internacional x jogo brasileiro

O jogo de damas de 100 casas é o internacional, jogado na maioria dos países com, 10 x 10 casas e com 20 peças brancas e 20 peças pretas. "É um tabuleiro maior, com mais possibilidades e mais peças do que o jogo que é jogado no Brasil. Internacionalmente é chamado de 'Draught', que significa rascunho em inglês, devido ao formato do tabuleiro quadriculado com peças onde se pode jogar vários jogos. É jogado em mais de 50 países", explica João Pontel.
 
A modalidade mais popular no Brasil é a de 64 casas (8 x 8) jogado com 12 peças brancas e 12 peças pretas. O jogo costuma variar de regras de acordo com o país e a cultura do local. No Brasil, ele é jogado com a mesma regra do jogo de 100 casas, porém em um tabuleiro de 64 casas.
 
Origens
O primeiro campeão mundial, homologado pela Federação Mundial de Jogo de Damas, foi o austríaco Isidore Weiss, em 1985. A Federação Mundial foi fundada em 1948, em Paris, França. O jogo de damas, como esporte, teve seu início no Brasil nos idos de 1935 a 1940, pelas mãos de Geraldino Izidoro. Grande parte das provas realizadas naquela época estão registradas no livro "Ciência e Técnica do Jogo de Damas", de autoria de G. Izidoro e J. Cardoso.
 
Em 1954 o mestre russo radicado em São Paulo, W. Bakumenko, campeão da URSS em 1927, deu início à criação de um núcleo damístico na cidade. O jogo se popularizou principalmente depois de uma partida histórica entre Bakumenko e Geraldino Izidoro. Esta prova foi realizada no Rio de Janeiro, no dia 02 de maio de 1954.
 
Em Belo Horizonte, em 1967, foi organizado o maior campeonato de jogo de damas até hoje do Brasil, reunindo 1.009 participantes.
 
Serviço
Torneio de damas de 100 Casas
Data: Domingo, 17/10
Horário: 18h30
Local: Restaurante Itatiaia - Rua Geraldo Teixeira da Costa, 212 - Floresta - BH/MG
Evento restrito aos jogadores já inscritos


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade