Publicidade

Estado de Minas CAPTURADO

Entre os mais procurados de Minas, foragido de Patos de Minas é preso em MT

Varni Clévio Queiroz Souza foi detido junto com outras duas pessoas e apresentou nome falso durante abordagem


24/06/2021 11:24 - atualizado 24/06/2021 11:28


Homem era procurado por tráfico de drogas em Patos de Minas e Pirapora(foto: Reprodução/Sejusp-MG)
Homem era procurado por tráfico de drogas em Patos de Minas e Pirapora (foto: Reprodução/Sejusp-MG)


Um foragido da Justiça de Minas Gerais que figura na lista dos 21 mais procurados no Estado foi preso no Estado do Mato Grosso. Varni Clévio Queiroz Souza, de 33 anos, foi detido junto com outras duas pessoas que o acompanhavam, durante uma operação desencadeada pela Polícia Rodoviária Federal (PRF). Ele é apontado como um dos líderes do tráfico de drogas nos municípios de Pirapora e de Patos de Minas.

Homem era procurado por tráfico de drogas em Patos de Minas e Pirapora(foto: Reprodução/Sejusp-MG)
Homem era procurado por tráfico de drogas em Patos de Minas e Pirapora (foto: Reprodução/Sejusp-MG)
O foragido foi encontrado em Cáceres (MT), cidade a cerca de 80 km da fronteira com a Bolívia, conhecida como rota de tráfico de drogas. Ao ser abordado, o homem apresentou um nome falso.

A identidade verdadeira foi descoberta posteriormente pela Polícia Civil do Mato Grosso ao cumprir mandado de prisão expedido em Patos de Minas. Varni Souza era procurado pelo crime de tráfico de drogas desde o mês de março. Ele aguarda transferência para Minas Gerais, onde será julgado.

Com a essa detenção, já são dois os criminosos presos pela quarta edição do “Procura-se”. O outro alvo capturado foi Clébio Pereira Rosa, de 42 anos, detido pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), com o apoio da Promotoria de Tóxicos de Belo Horizonte, e pela Polícia Militar.

Procura-se
A iniciativa busca a captura de foragidos da Justiça com mandados de prisão em aberto que continuam a praticar crimes graves. O programa reúne o Ministério Público de Minas Gerais, Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública, polícias Civil e Militar, Corpo de Bombeiros e polícias Federal e Rodoviária Federal.

Nas três edições anteriores do Procura-se (2011, 2012 e 2017), 29 dos 41 criminosos procurados foram presos. A divulgação dos procurados é feita em todos os 853 municípios de Minas Gerais. Cartazes serão espalhados com as fotos dos criminosos em locais de grande circulação de pessoas ou em lugares reconhecidos como estratégicos pelas polícias. O material possui QR Code para acesso à lista de todos os procurados e outros detalhes.

São disponibilizadas as fotos de todos os 21 procurados, com detalhamentos sobre atuação do criminoso, região onde pratica a maioria dos crimes, idade, apelido, mandados de prisão em aberto e outras informações.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade