Publicidade

Estado de Minas

Coronavírus: retorno das aulas da rede municipal continua sem previsão em BH

O prefeito afirmou que, depois da reabertura, houve um aumento nos casos da doença. Ele não ampliou a reabertura do comércio


postado em 12/06/2020 16:03

(foto: Leandro Couri/EM/DA PRESS)
(foto: Leandro Couri/EM/DA PRESS)
"Problema grave de aglomeração de pessoas e trânsito de pessoas na cidade". Foi o que disse o prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil sobre a previsão para a volta as aulas nas escolas públicas da rede municipal. 

O prefeito e os integrantes do Comitê de Enfrentamento à Epidemia da Covid-19 concedem entrevista, na sede da Prefeitura de Belo Horizonte, para falar sobre as medidas de combate ao novo coronavírus e a reabertura do comércio.

De acordo com a BHTrans, o número de passageiros nos ônibus de capital mineira pulou de 30 mil para 520 mil por semana.

Kalil anunciou que decisão tomada pelo comitê e o secretário municipal de saúde, Jackson Pinto, é manter a abertura do comércio como está, ou seja, na fase 2 iniciada no último dia 8 de junho, que permitiu o retorno de 93% dos empregos. 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade