Publicidade

Estado de Minas

Polícia desarticula organização criminosa no Aeroporto de Confins

A operação contou com policiais civis, federais e militares. Eles ainda bloquearam R$ 50 milhões da organização e uma mulher foi presa


postado em 10/10/2019 17:24 / atualizado em 10/10/2019 22:34

Centro Integrado de Segurança Publica (CISP), localizado no Aeroporto de Confins(foto: Edesio Ferreira/EM/D.A Press)
Centro Integrado de Segurança Publica (CISP), localizado no Aeroporto de Confins (foto: Edesio Ferreira/EM/D.A Press)

 
Uma organização criminosa que aplicava golpes em servidores públicos foi desarticulada pelas polícias Civil, Federal e Militar na manhã desta quinta-feira (10), em Confins, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. A operação ocorreu no aeroporto internacional localizado na cidade. Uma mulher foi presa por estelionato

Segundo as corporações, os golpes eram por meio de investimentos fictícios. As polícias conseguiram ainda bloquear R$ 50 milhões em dinheiro e dos bens adquiridos por meio da modalidade criminosa. 
 
O suspeito de chefiar o grupo, o empresário Roniel Cardoso dos Santos, foi preso em Jacarepaguá, na zona Oeste do Rio de Janeiro.
 
Ele é acusado de cometer os crimes de estelionato, contra a ordem econômica e das relações de consumo e lavagem de dinheiro, de acordo com a Polícia Civil mineira.  

*Estagiária sob supervisão da redação do Estado de Minas


Publicidade