Publicidade

Estado de Minas

Dupla sertaneja Fernando e Sorocaba leva doações a Governador Valadares

Campanha começou com a protetora de animais Luisa Mell e arrecadou mais de 50 toneladas de água potável e comida para animais


postado em 17/11/2015 19:16 / atualizado em 17/11/2015 20:04

As doações não param de chegar às pessoas afetadas pela lama da barragem de rejeitos de minério que se rompeu em Mariana, na Região Central de Minas. A dupla sertaneja Fernando e Sorocaba cedeu uma carreta para que doações de água e comida para animais, vinda de São Paulo, pudessem chegar a Governador Valadares, na Região do Rio Doce.

 

(foto: Reprodução da Internet)
(foto: Reprodução da Internet)

A ação começou com a protetora de animais Luisa Mell, em São Paulo. Ela fez uma campanha em sua página no Facebook e conseguiu arrecadar 50 toneladas de água potável e comida para animais, mas não tinha como levar os donativos até a cidade mineira. Então, fez um apelo na rede social. A dupla sertaneja viu o post da protetora e se solidarizou com a causa, cedendo a carreta que saiu de São Paulo na madrugada desta terça-feira e chegaria a Valadares ainda hoje.


 "Quando soubemos da necessidade, não hesitamos em ajudar. Entramos em contato e, graças a Deus, deu tudo certo. Foi uma forma de ajudarmos o nosso país", disse Sorocaba. "Estivemos recentemente na cidade para a apresentação do Loop 360 e, assim como o Brasil, estamos muito comovidos", completou. "Parabenizamos a Luisa Mell pela iniciativa, já que quem deveria olhar para essa tragédia não se mexe. Ajudamos como podemos", disse o parceiro, Fernando. "Todos nós estamos em oração para que essa situação se resolva o quanto antes."

 A lama está afetando diretamente os municípios banhados pelo Rio Doce. Peixes estão morrendo e o abastecimento de água está comprometido em várias cidades. Em Governador Valadares, a situação é mais tensa. Por causa do corte no abastecimento, longas filas se formaram na cidade para os moradores receberem doações de água mineral.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade