Publicidade

Estado de Minas

Quase seis mil pessoas passam pelo velório de José Alencar


postado em 30/03/2011 20:43 / atualizado em 30/03/2011 20:50

Em quase oito horas de velório, cerca de 5.800 pessoas passaram pelo Salão Nobre do Palácio do Planalto nesta quarta-feira para prestar a última homenagem ao ex-vice-presidente José Alencar. O movimento de populares foi maior no início da tarde e diminuiu à noite, quando políticos e autoridades começaram a chegar ao Palácio. A presidente Dilma e o ex-presidente Lula devem chegar a Brasília às 20h50. Nesta noite, no lugar de uma nova missa, haverá uma celebração religiosa de 30 minutos, a ser feita pelo núncio apostólico Lorenzo Baldisseri. O corpo de José Alencar passará toda a madrugada no Planalto e sairá para ser velado em Belo Horizonte às 6h desta quinta (31/3). A visitação pública no Palácio do Planalto será fechada às 23h de hoje.

Raul Cutait, que foi médico do ex-vice-presidente José Alencar, afirmou na noite desta quarta-feira que a fé de Alencar prolongou a vida durante todos esses anos em que ele enfrentou a doença. Muito emocionado, Cutait disse ter aprendido muito com Alencar e elogiou o exemplo que ele passou a todos os brasileiros. "Nenhum médico gosta de se despedir de um paciente. Foi uma vivência de muitos e muitos anos. Infelizmente, é uma doença que teria tirado a vida dele há muitos anos atrás, mas a fé que ele tinha e seus valores de vida contribuíram para ganhar anos de vida. Os valores dele mexem com todos nós. Eu, como médico, aprendi que sempre devemos escutar tudo o que paciente tem a dizer", afirmou o médico. Entre as autoridades presentes estão os governadores de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), da Bahia, Jacques Vagner (PT), e do Espírito Santo, Renato Casa Grande (PSB), além do senador Lindbergh Farias (PT/RJ). As homenagens ao ex-vice presidente não param, coroas de flores chegam a todo instante. Já são mais de 145 já estão no Salão Nobre.

  • Tags
  • #
Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade