Publicidade

Estado de Minas ENERGIA EÓLICA

Dirigível com turbina pode derrubar custos de eletricidade em até 65%

Erguido com gás hélio, a turbina suspensa gera energia através do vento


postado em 15/08/2012 16:54 / atualizado em 15/08/2012 17:10

(foto: Reprodução / meteomedia.com)
(foto: Reprodução / meteomedia.com)
Que tal produzir energia através dos ventos, graças a um aeróstato? A Altaeros Energies está desenvolvendo a Airborne Wind Turbine, que consiste em vários cilindros, com bexigas cheias de gás hélio, ao redor de uma turbina central, movida pelo vento. Este "balão" fica preso ao chão, através de correntes eletricamente condutivas. Sempre estando a favor do vento e sem depender de hélices, a construção pode ficar "no ar" por um bom tempo, sendo uma alternativa para obtenção de energia eólica além dos populares aerogeradores, que são aqueles enormes geradores elétricos, presos ao chão como grandes cata-ventos. A Altaeros testou um protótipo a 106 metros de altura, produzindo o dobro de energia em relação de quando o mesmo estava no chão. Se o dirigível subir a 300 metros de altura (sem nenhuma barreira física como prédios ou montanhas, onde o vento é mais forte), a produção de energia, através de suas turbinas movidas com o vento, será muito maior, reduzindo o custo de produção de energia em até 65%, de acordo com a previsão da empresa. Esta lucrativa fonte de energia limpa só tem um obstáculo: o preço cada vez mais alto do gás hélio, que está ficando cada vez mais escasso.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade