Publicidade

Estado de Minas

Conheça a origem da Festa de Halloween

Festa comemorada no dia 31 de outubro tem série de explicações


postado em 15/10/2012 15:00 / atualizado em 18/10/2012 14:06

(foto: HGTV/Reproducao da Internet)
(foto: HGTV/Reproducao da Internet)

Todos sabem que no dia 31 de outubro é comemorado, no Brasil e em diversos outros países do mundo, o Halloween ou Dia das Bruxas. No entanto, poucas pessoas conhecem a história da origem dessa festa, que hoje é sinônimo de comemorações e fantasias, mas não tem muito a ver com abóboras ou a famosa frase “Gostosuras ou travessuras”.

As diversas explicações sobre o Halloween têm, na verdade, origens religiosas, sendo que duas delas são mais aceitas. A primeira, de origem pagã, afirma que a festa surgiu a partir de uma celebração celta conhecida como Samhain, que tinha como objetivo homenagear os mortos. Essa celebração marcaria também o início do ano celta, que cai entre os dias 5 e 7 de novembro. Conta-se que as festividades duravam uma semana e que os mortos voltavam na data para visitar seus lares e guiar os familiares rumo ao outro mundo. Com a invasão das Ilhas Britânicas pelos romanos, a tradição foi se modificando e se tornou o que hoje conhecemos como Dia das Bruxas.

Já a origem católica da festa se refere a uma tradição criada pelo Papa Bonifácio IV, que transformou um templo romano (antes dedicado a todos os deuses) em templo cristão, criando a data que festeja “Todos os santos”. A festa era comemorada a princípio no dia 13 de maio, mas foi mudada pelo Papa Gregório III para 1º de novembro. Como toda celebração católica, o “Dia de todos os santos” era comemorado anualmente e precisava de uma grande preparação. Feita no dia anterior, ou seja, no dia 31 de outubro, essa preparação era chamada de All Hallow’s Eve (Vigília de Todos os Santos). Com o tempo, o nome foi se modificando para All Hallowed Eve e All Hallow Een até chegar à palavra atual Halloween.

Não se sabe qual explicação é a verdadeira, nem qual origem é a mais correta. Mas isso não é motivo para não comemorar a data, principalmente pelas crianças. Por isso, o em.com.br convida os pequenos a participar de um concurso criativo. Os baixinhos podem enviar fotos fantasiados, pintados ou fazendo careta e concorrerem a grandes prêmios. Confira o regulamento e participe da promoção!

SÍMBOLOS


Assim como em outras festas tradicionais, o Halloween possui uma série de objetos e símbolos que o caracteriza. Conheça abaixo o significado de alguns deles:

Abóbora: simboliza a fertilidade e a sabedoria.

Vela: indica e ilumina os caminhos para os espíritos do outro plano astral.

Caldeirão:
portal entre vivos e mortos. Dentro dele devem ser atiradas moedas e mensagens escritas com pedidos dirigidos aos espíritos.

Vassoura:
simboliza o poder feminino que pode efetuar a limpeza das energias negativas. Equivocadamente, pensa-se que ela servia para transporte das bruxas.

Aranha: simboliza o destino, e o fio com o qual tecem suas teias, o suporte para seguir em frente.

Morcego:
simbolizam a clarividência, pois conseguem enxergar além das formas e das aparências, sem necessidades da visão ocular.

Sapo:
está ligado à simbologia do poder da sabedoria feminina, símbolo lunar e atributo dos mortos e de magia feminina.

Gato preto: símbolo da capacidade de meditação e recolhimento espiritual, autoconfiança, independência e liberdade.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade