Publicidade

Estado de Minas

Goleiro Bruno vai anunciar novo clube em até 10 dias, diz advogado

O atleta deve indicar à Justiça o endereço no qual vai permanecer e comparecer perante o juiz sempre que chamado. Ele aguarda julgamento de habeas corpus em liberdade


postado em 02/03/2017 14:18 / atualizado em 02/03/2017 21:17

O ex-goleiro Bruno Fernandes das Dores de Souza, de 32 anos, chegou ao Fórum de Santa Luzia, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, por volta das 14h20 desta quinta-feira, para apresentar as garantias de sua liberdade. O advogado do atleta, Lúcio Adolfo, recuou e informou um endereço de Belo Horizonte e não do Rio de Janeiro, como havia anunciado neste domingo. Ele disse ainda que em até 10 dias será divulgado o clube no qual o ex-capitão do Flamengo voltará a jogar e que a paternidade do filho de Eliza Samudio deve ser resolvida.
Ver galeria . 13 Fotos Goleiro se apresentou à Justiça com a camisa de uma torcida organizada do AtléticoLeandro Couri/EM/D.A.Press
Goleiro se apresentou à Justiça com a camisa de uma torcida organizada do Atlético (foto: Leandro Couri/EM/D.A.Press )

Na apresentação à Justiça, deve ser informado um endereço no qual o atleta permanecerá, além de firmar o comprometimento de comparecer perante ao juiz sempre que chamado. Eventuais transferências também devem ser comunicadas. Essa é uma espécie de garantia dada à Justiça e uma exigência do Supremo Tribunal federal (STF) para lhe conceder o direito de aguardar em liberdade o julgamento de habeas corpus impetrado pela defesa há três anos.

Essa lentidão foi a justificativa do ministro Marco Aurélio Mello para assinar o documento dando o direito de o atleta recorrer da condenação de 22 anos e 3 meses, pelo sequestro e homicídio de Eliza Samudio, em liberdade. Ao sair do carro, acompanhado dos advogados Lúcio Adolfo e Luan Veloso Coutinho, um homem mascarado com cara de cachorro o cumprimentou. Logo depois, o atleta e os defensores entraram no fórum sem conversar com ninguém. Na saída, ele tirou uma selfie com uma fã.

Lúcio Adolfo informou que Bruno vai para o Rio de Janeiro apenas para conhecer e descansar na casa da esposa, Ingrid Calheiros. Acrescentou que o ex-goleiro voltará “no momento oportuno, porque tem contratos a fechar”. Nos próximos oito a 10 dias, deve ser divulgado o clube que o ex-ídolo do rubronegro vai defender. Seriam pelo menos 10 times interessados em Bruno, ainda de acordo com o advogado. Entre eles, há três propostas do Rio de Janeiro, sendo um clube da série A e dois de séries inferiores, clubes de Brasília, de Minas Gerais e dois de São Paulo.

O advogado afirmou ainda que Bruno tem várias questões a resolver, como pensão alimentícia e o exame de DNA para comprovar ou descartar a paternidade de Bruninho, o filho que Eliza afirmava ser do jogador.

RB

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade