Publicidade

Estado de Minas CASO BRUNO

Curiosos vão a Apac para torcer pela soltura do goleiro Bruno

Enquanto goleiro Bruno não é libertado, algumas pessoas vão até a porta da instituição prisional em Santa Luzia na esperança de ver o atleta de perto


postado em 24/02/2017 15:36 / atualizado em 25/02/2017 16:01

Roberto César Ferreira torce pela saída de Bruno(foto: Alexandre Guzanshe/EM)
Roberto César Ferreira torce pela saída de Bruno (foto: Alexandre Guzanshe/EM)
"Eu gostaria de ver o goleiro Bruno no Cruzeiro", desejou o porteiro e torcedor do time da Toca da Raposa Roberto César Ferreira, de 36 anos, que aproveitou a folga para acompanhar a saída do ex-goleiro do Galo e Flamengo da Apac Santa Luzia, na Grande BH.

Ele foi ao local com o vizinho José Roberto Ferreira, de 55. "Viemos de moto, passando pela estrada de terra. Quero ver o Bruno de perto", disse José, que torce pelo Galo.

A dupla mora no Bairro Jardim Encanrado, em Vespasiano. Eles chegaram por volta das 14h e só pensam em sair do local depois de o goleiro conseguir a liberdade. Para eles, Bruno voltará a atuar por um grande time brasileiro.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade