Publicidade

Estado de Minas

Bruno ainda será goleiro da Seleção, afirma advogado


postado em 17/01/2012 07:09

O advogado do ex-goleiro Bruno Fernandes, que deve deixar a prisão em 60 dias, afirma que o cliente deve voltar para o Flamengo e ainda pode ser o goleiro da Seleção Brasileira na próxima Copa do Mundo. Rui Caldas Pimenta, entrou com pedido de habeas corpus liberativo no Supremo Tribunal Federal (STF). Bruno está preso na Penitenciária Nelson Hungria, em Contagem, na Grande BH, acusado, com mais oito pessoas, pela morte da sua ex-amante Eliza Samúdio, em junho de 2010.

Além tentar libertar Bruno, Rui Pimenta quer o desmembramento do processo e julgá-lo separado dos outros réus. “Bruno vai voltar ao Flamengo, recuperar a forma dele. E na Copa do Mundo, o goleiro vai ser o Bruno, com certeza”, espera o defensor, que afirmou que o habeas corpus liberativo já está na Procuradoria Geral de República, que começa a analisar o pedido em fevereiro, depois do recesso de janeiro.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade