Publicidade

Estado de Minas

Lapinha da Serra reserva experiências únicas na gastronomia e ecoturismo para os visitantes


postado em 22/06/2019 22:19

Lapinha da Serra e a Casa do Teuler  Foto: Reprodução
Lapinha da Serra e a Casa do Teuler Foto: Reprodução

Com a chegada das férias de julho e as festividades tradicionais como São João, muitos procuram novos destinos para viver experiências culturais, gastronômicas e também relaxar um pouco. Felizmente, o Brasil está cheio de recantos que podem proporcionar as três coisas.

Um dos lugares mais comentados da atualidade e a Lapinha da Serra, vilarejo no Interior de Minas Gerais, ao sopé do Pico da Lapinha (segundo ponto mais alto da Serra do Cipó, com 1687 metros de altitude), a 143 km de Belo Horizonte. O local faz parte do circuito da Estrada Real, é repleto de belezas naturais, tem clima ameno de montanha, rios, lagos e muito verde. 

Estadia

Casa do Teuler  Foto: Reprodução
Casa do Teuler Foto: Reprodução

Na Lapinha, a Casa do Teuler tem sido um grande ponto de interesse, desde casais até grupos de amigos ou mesmo viajantes solitários, que buscam um local para relaxar, ter contato com a natureza e desfrutar de momentos de perfeita tranquilidade. 

Idealizado pelo psicólogo, escritor e palestrante Teuler Reis, o local tem sido considerado uma referência nacional em sustentabilidade, que é o uso consciente de recursos naturais, combinado com um projeto único no país que inclui a psicologia e o humanismo em um conceito que busca respeitar não apenas a privacidade dos hóspedes, mas também a natureza: "a aplicação dos valores humanos e éticos que sempre falei em minhas palestras ao longo da vida é evidente na Casa do Teuler e nas acomodações. O respeito pela natureza, pela vida humana, busca pelo bem estar, tranquilidade e respeito pela privacidade dos hóspedes está explícita cada detalhe", revela.

Gastronomia

Foto: Bistrô Lapinha
Foto: Bistrô Lapinha

Na região existem alguns restaurantes em que se pode desfrutar de pratos típicos da região e ter experiências gastronômicas únicas. Bons exemplos são o Bistrô Lapinha, pizzaria Forneria e o restaurante Moendas.

Ambos os locais são um convite para experimentar uma gastronomia que revela particularidades do modo de vida simples dos habitantes locais e dos recursos disponíveis na região, que estão presentes em cada um dos pratos oferecidos nos restaurantes.

Foto: Bistrô Lapinha
Foto: Bistrô Lapinha

Receitas e Curiosidades da Lapinha

Muito comum em Lapinha da Serra, a banana foi e é um dos ingredientes mais comuns na mesa dos moradores do vilarejo, uma vez que a localidade dificultava muito a chegada de insumos para o preparo de alimentos, muito mais há 40 anos atrás que hoje.

Presente em todos os quintais das famílias, pode ser apreciada de várias formas, sendo verde ou madura, cozida, frita ou assada e que tem em sua composição uma gama de nutrientes indispensáveis à manutenção e reservas do corpo. 

A forma mais utilizada pelos nativos era em forma de sopa. Na época, cozida em água até desmanchar (não tinha liquidificador.. nem energia elétrica), um pouco de sal e depois só refogar em alho e gordura de porco. E assim era a original.

Sandra Antunes, gerente do bistrô, nos fala um pouco mais sobre o que o vilarejo pode proporcionar aos visitantes que buscam experiências gastronômicas diferenciadas: "No Bistrô Lapinha, buscando as raízes de nosso vilarejo, e acrescentando um pouco mais de mimos, nossa receita conta com pedacinhos de bacon, cebola assada crocante e torradinhas aromatizadas. Valorizamos os ingredientes locais criando receitas a partir do cultivo local como a banana que se torna ingrediente para um delicioso caldo. Filé ao molho demi glace com purê de banana da terra E por aí vai rsrsrs Ah tem a costelinha caramelizada no melaço", revela Sandra, gerente do bistrô".

Para aqueles que não podem ir à Lapinha, Sandra ensina uma receita de Banana Verde típica da região. Acompanhe:

Sopa de banana verde e bacon  Foto: Bistrô Lapinha
Sopa de banana verde e bacon Foto: Bistrô Lapinha

Sopa de banana verde com bacon

Ingredientes
8 bananas nanicas (caturra) verdes 
2 litros de agua
400 g de bacon em cubos
Óleo de soja
Sal a gosto
Alho picadinho ou socado (sem sal)
Cebola assada crocante
Manteiga de garrafa
Cheiro verde
Torradinhas

Modo de preparo

Descascar as bananas com a faca (passar óleo nas mãos e deixar a banana após descascar numa bacia com água) evita grudar a nódoa nas mãos 
Picar em rodelas. Colocar para cozinhar em água com um pouco de sal.
Bater no liquidificador até ficar bem homogêneo (separar uma parte cozida mais inteira para refogar).

Numa panela, coloque 2 colheres de óleo. Refogue o bacon até ficar bem corado. Acrescente 2 colheres de manteiga de garrafa e refogue o alho. Acrescente a banana cozida que esteja mais inteira. Em seguida coloque o creme batido e refogue. Acrescente a agua do cozimento até chegar no ponto de caldo desejado. Acerte o sal e coloque um pouco de pimenta do reino branca.

Montagem

Coloque numa cumbuca funda, um pouco de bacon frito. Acrescente o caldo já refogado. Salpique cebola crocante e cheiro verde de preferência. Acompanha deliciosamente algumas torradas aromatizadas com manteiga e ervas.

Eis a história dos antigos da Lapinha na mesa contemporânea.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade