Publicidade

Estado de Minas

Bandas roqueiras de BH preparam folia especial na Serraria Souza Pinto

Poison Gas, Hard and Heavy, Bloco da Insanidade, Mago Zen, Cash, Lurex e Velotrol prometem festa animada nesta sexta-feira (15). Carnarock terá 12 horas de música


postado em 14/02/2020 04:00

Frederico Gandra*

Velotrol será uma das atrações na Serraria Souza Pinto (foto: André Paiva/divulgação)
Velotrol será uma das atrações na Serraria Souza Pinto (foto: André Paiva/divulgação)
Neste sábado (15), a Serraria Souza Pinto recebe a segunda edição do Carnarock – festa que combina folia e rock and roll. Bandas de BH prometem 12 horas de música. Poison Gas, Hard and Heavy, Bloco da Insanidade, Mago Zen, Cash, Lurex e Velotrol subirão ao palco.

Gipson Mol, organizador do Carnarock, afirma que o evento surgiu da necessidade de reunir bandas roqueiras locais na época mais festiva do ano. “Rock combina com tudo. Como o carnaval é uma data que abraça todas as tribos, ele não poderia ficar de fora”.

Na última edição, cerca de 4 mil pessoas compareceram ao evento, diz Mol. Uma das atrações será a Velotrol. Com 20 anos de estrada, a banda faz releituras de clássicos do Led Zeppelin, Pink Floyd, Metallica e Beatles.

O vocalista Elvis Krause diz que a cena do rock tem se fortalecido na capital mineira e comemora a oportunidade de participar da festa. “Pessoas que estão de saco cheio dos bloquinhos, não curtem aquelas músicas e até mulheres que não se sentem respeitadas nos locais do carnaval buscam festas como o Carnarock”, afirma.

Outro convidado é um vanguardista da cena metaleira: Fernando Pazzini, ex-integrante do Overdose, lendária banda de heavy metal mineira que fez sucesso nos anos 1980. Atualmente baixista do Hard and Heavy, ele diz que a retomada do carnaval de BH trouxe oportunidades para os roqueiros. “No ano passado, a festa bombou. A casa estava lotada e a nossa expectativa é de casa cheia de novo”.

O Bloco da Insanidade é a única atração que faz rock em versões carnavalescas, inclusive com presença de bateria especial. Gipson Mol conta que o grupo, surgido em Tiradentes, realiza a tradicional Festa da Insanidade durante o ano e põe o seu bloco na rua no carnaval de BH. Ele compara o som do Insanidade ao do Sambô, conhecido por mesclar rock, pop e samba.

* Estagiário sob supervisão da editora-assistente Ângela Faria

CARNAROCK 2020
Serraria Souza Pinto. Av. Assis Chateaubriand, 889, Centro, (31) 3213-3400. Sábado (15), a partir das 16h. Com DJs Motoca e Villela, Poison Gas, Hard and Heavy, Bloco da Insanidade, Mago Zen, Cash, Lurex e Velotrol. Ingressos: R$ 140 (premium open bar/backstage), R$ 120 (VIP/1º lote),R$ 125 (VIP/lounge), eR$ 100 (lounge). Pista: R$ 20 (1º lote) e  R$ 25 (2º lote/premium). À venda no site Sympla.


Publicidade