Publicidade

Estado de Minas

Casa no Prado vira pub e divulga a cerveja artesanal de Minas Gerais

Artéza serve seis produtos de sua marca e abre espaço para outras cervejarias do estado. O proprietário, Marlos Pires, transformou o quintal em pub, com espaço para ver as estrelas


postado em 13/12/2019 04:00

Murilo Gonçalves, Mirtes Martiniano e Marlos Pires comandam a Artéza
Murilo Gonçalves, Mirtes Martiniano e Marlos Pires comandam a Artéza
A cerveja artesanal é a estrela da Artéza, nova casa do Prado comandada por Marlos Pires, Mirtes Martiniano e Murilo Gonçalves. O pub oferece chope artesanal produzido pelo dono, tira-gostos especiais e ambiente voltado para as artes. Marlos é o cervejeiro e Mirtes a responsável pelo cardápio.

A informalidade dá o tom. A cervejaria foi criada no quintal de uma clássica residência do Prado. “A entrada da garagem se transformou em corredor, uma espécie de túnel à meia-luz, com mesas no estilo bistrô”, comenta Marlos. Ao final do “túnel”, as pessoas deparam com uma Kombi, transformada em chopeira.

“Outro ambiente é a área próxima ao palco, sob uma tenda. Ali perto temos um espaço gramado, onde é possível estender toalhas para observar o céu”, diz o proprietário.

A proposta dos sócios é popularizar a cultura cervejeira, aproximando o público da bebida produzida de forma artesanal. No salão principal fica uma chopeira com 12 torneiras. “Seis trazem as produções frescas da Artéza e as outras são para cervejarias convidadas e parceiras. As opções da Artéza incluem pilsen, belgian, pale ale, dry stout, IPA e goiapa”, diz Marlos.

Da cozinha saem carne de lata, pastelzinho da vovó, croquete do chef, costelinha, torresminho, mandioca frita com torresmo, torresmão de barriga, quibe, pernil, isca de tilápia, linguiça, batata frita e sanduíche de queijo. A novidade é o sanduíche de cerveja, feito com pão de malte, pernil e molho à base de lúpulo.

INDIVIDUAL 

Kombi é a queridinha da casa (foto: Fotos: Juarez Rodrigues/EM/D.A press)
Kombi é a queridinha da casa (foto: Fotos: Juarez Rodrigues/EM/D.A press)
Os tira-gostos são vendidos em porções individuais. “Pensamos na pessoa que está sozinha e também em dar oportunidade a um grupo de experimentar mais opções”, diz Marlos. Porções custam a partir de R$ 10, chopes a partir de R$ 5 e chopes especiais a partir de R$ 6.

A porção de croquete da casa, por exemplo, custa R$ 14; a de torresminho com mandioca, R$ 12; a linguiça da roça, R$ 14; e o sanduíche de cerveja, R$ 25.

O espaço também pode receber exposições de arte, feiras e festivais. Sua agenda musical é eclética – vai do jazz, blues e rock clássico ao samba de roda e chorinho.

Tudo começou há cinco anos, quando Marlos fazia cerveja em casa. Deu tão certo que ele abriu uma empresa e passou a vender a Artéza para empórios, lojas e supermercados. Agora ele decidiu abrir o próprio pub. “É um espaço democrático, servimos seis tipos da Artéza e de seis cervejarias convidadas, que se revezam”, reforça.

CERVEJARIA ARTÉZA
Rua Cuiabá, 302, Prado, (31) 99194-8968. De terça a sexta-feira, das 17h às 23h, e aos sábados e domingos, das 15h às 23h. 


Publicidade