Publicidade

Estado de Minas CINEMA

Filme brasileiro é um dos 10 melhores do ano, segundo o 'New York Times'


postado em 28/12/2019 04:00

Cena de Democracia em vertigem, que acompanha o impeachment de Dilma Rousseff e outros momentos tumultuados da política brasileira recente, como a prisão do ex-presidente Lula(foto: Francisco Proner/Netflix/Divulgação)
Cena de Democracia em vertigem, que acompanha o impeachment de Dilma Rousseff e outros momentos tumultuados da política brasileira recente, como a prisão do ex-presidente Lula (foto: Francisco Proner/Netflix/Divulgação)

Deu no New York Times. “Este documentário angustiante, uma análise cuidadosa dos eventos que levaram à eleição de Jair Bolsonaro, presidente populista do Brasil, é o filme mais assustador do ano.” Foi assim que A. O. Scott, o principal crítico de cinema do jornal norte-americano, definiu Democracia em vertigem, o filme de Petra Costa que está pré-indicado ao Oscar na categoria documentário.

No texto, o documentário brasileiro lançado pela Netflix está na lista dos 10 melhores filmes de 2019 que “valem a pena discutir”. Democracia em vertigem foi elencado pelo crítico em oitavo lugar. Encabeça a lista a produção da Macedônia Honeyland, de Tamara Kotevska e Ljubomir Stefanov, também pré-indicado ao Oscar de melhor documentário e de melhor filme internacional. A lista final dos concorrentes será conhecida no próximo dia 13. Além de Honeyland, estão no primeiro pelotão o sul-coreano Parasita, de Bon Joon Ho, apontado como favorito para a estatueta de melhor filme internacional; O irlandês, de Martin Scorsese, e História de um casamento, de Noah Baumbach, ambos produções da Netflix.

Na lista, o filme de Petra Costa está na frente de Era uma vez em... Hollywood, o estelar filme de Quentin Tarantino, nono colocado. O crítico fecha a lista com Atlantique, de Mati Diop – não ficção senegalesa sobre trabalhadores que decidem deixar seu país em busca de melhores condições de vida. Segundo Scott, os títulos de  Petra Costa e da diretora Mati Diop são “filmes que destacam um futuro incerto”.

Confirmando a tendência das premiações de cinema que já divulgaram seus indicados, a lista do New York Times traz vários filmes produzidos – ou distribuídos – pela Netflix, a campeã de indicações no Globo de Ouro: dos 10, quatro estão na plataforma de streaming.

“A forma de arte está em uma de suas crises periódicas de identidade. Grande parte da nossa atenção coletiva – ainda não sabemos o tamanho ou com quais consequências – está migrando para plataformas de streaming cujas ofertas incluem muitas das narrativas independentes de episódio único que costumávamos ver principalmente nos cinemas. Enquanto isso, os cinemas são dominados por espetáculos franqueados”, escreveu Scott.

Para ele, na era digital, “filme” se tornou um termo inadequado. “Está ligado às glórias de uma maneira específica, não mais dominante (embora não totalmente obsoleta) de fazer e projetar imagens. 'Filmes' são, principalmente, o que vemos nos cinemas, enquanto 'imagens em movimento' surgem em quase todas as superfícies, distraindo-nos da nossa distração.”

A menção a Democracia em vertigem, que recebeu do crítico uma longa resenha elogiosa no momento de seu lançamento, é mais uma validação do filme, que acompanha o processo que culminou com o impeachment de Dilma Rousseff, em 2016. O longa participa de outras premiações relevantes. Tem indicações no Gotham Awards, dedicado ao cinema independente, e no Critics’ Choice Awards, da associação de críticos dos EUA.

OS PREFERIDOS DO TIMES

Confira os 10 melhores filmes de 2019 segundo o jornal americano

1) Honeyland, de Tamara Kotesvska e Ljubomir Stefanov

2) The souvenir, de Joanna Hogg

3) Parasita, de Bong Joon-Ho

4) O irlandês, de Martin Scorsese

5) História de um casamento, de Noah Baumbach

6) Adoráveis mulheres, de Greta Gerwig

7) Peterloo, de Mike Leigh

8) Democracia em vertigem, 
de Petra Costa

9) Era uma vez em... Hollywood, de Quentin Tarantino

10) Atlantique, de Mati Diop


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade