Publicidade

Estado de Minas

Carnaval na palma da mão

Mapa dos blocos de BH, com interatividade em tempo real, virou tradição na cobertura do Estado de Minas. Nova ferramenta permite, agora, montar roteiro personalizado e compartilhar com amigos


postado em 21/02/2020 04:00 / atualizado em 20/02/2020 23:13


Ferramenta do Uai funciona como agenda para curtir a folia na capital mineira. Baixe no uai.com.br/carnaval
Ferramenta do Uai funciona como agenda para curtir a folia na capital mineira. Baixe no uai.com.br/carnaval

Prepare sua fantasia, pegue seu abadá e conte com a ajuda da tecnologia para se divertir no Carnaval 2020. Você pode usar o seu smartphone para saber sobre a programação da maior festas das ruas em Belo Horizonte, que este ano espera animar um público recorde de 5 milhões de foliões.
O Estado de Minas lançou uma página especial no Portal Uai (www.uai.com.br/carnaval), onde reúne o o conteúdo multimídia da folia. Lá, além de acompanhar toda a cobertura, com galerias de fotos e vídeos, você pode   se planejar com o mapa dos blocos. O EM ainda te ajuda a montar o seu roteiro, transformado numa agenda para compartilhar com os amigos.  Basta escolher na tela os blocos preferidos e, a partir daí, o sistema gera a programação. 
O Núcleo de Criação Multimídia do jornal Estado de Minas lançou o primeiro mapa interativo do carnaval de rua de BH em 2017, como uma forma de organizar a programação crescente de cortejos diários na capital mineira. Naquela época, já eram centenas de desfiles e muitos grupos ainda não conhecidos dos foliões. A produção do conteúdo começou 50 dias antes da festa de Momo iniciar, a partir de contatos com representantes dos blocos para confirmar dia, horário e local das apresentações.
Desde então, o EM anualmente organiza o mapa interativo do carnaval de rua de BH, que usa a plataforma de geolocalização do Google Maps. Além de ver pelo celular o endereço dos desfiles, horário e dia, o folião pode saber um pouco sobre a história do bloco. A ferramenta permite que o usuário baixe o mapa para usar offline durante o carnaval, quando o sistema de telefonia geralmente apresenta instabilidade, devido ao grande número de pessoas nas ruas.
O mapa interativo dos blocos de carnaval de BH do jornal é constantemente atualizado com informações enviadas pelos organizadores dos desfiles e dados do poder público. Este ano, já são mais de 370 blocos cadastrados no banco de dados disponível para consulta do leitor, que permitirá ainda a interação com a agenda personalizada, disponível no Portal Uai..

Tô na festa   A interatividade também estará presente nas redes sociais dos Diários Associados. De amanhã a terça-feira,  entra no ar o Tô No Carnaval Uai. A equipe multimídia do EM vai percorrer os blocos e deixará um microfone aberto para o folião soltar a voz. Os vídeos gravados serão divulgados no Facebook do Estado de Minas e do Portal Uai. E o Xôtifalá, comandado por Luiz Othávio Gimenez, vai levar muito humor aos stories do Instagram do jornal. E, ainda sobre a rede social de fotos, o jornal vai compartilhar a alegria dos foliões nos blocos da capital mineira. Basta postar uma foto bem divertida usando a hashtag #eunocarnavaluai.

Rio e São Paulo  Para facilitar o deslocamento pelas ruas da capital mineira,  o Google Maps enviará notificações para avisar, em tempo real, quais ruas estarão fechadas durante a festa em BH.  Vai de transporte público? O app mostrará as alterações nas linhas de ônibus. 
O Google vai trazer informações sobre mais de 3 mil blocos cadastrados pelo país. Para conferir os detalhes, é preciso pedir “Ok Google. Falar com Blocos de Rua”. O Google Maps mapeará os principais bloquinhos do Rio de Janeiro e de São Paulo, tanto em celulares Android quanto iOS.

NÃO É NÃO  Em parceria com a ONG Think Olga, o Google Assistente continua engajado no combate contra o assédio no carnaval. Ao falar “OK Google, como reportar importunação sexual” para o Google Assistente, o celular vai trazer os contatos da Central de Atendimento à Mulher em Situação de Violência e da Polícia Militar , além de indicar o site Think Olga para mais informações sobre o tema.



370

blocos estão cadastrados 
no banco de dados do Uai disponível 
para consulta do leitor


Publicidade