Publicidade

Estado de Minas COMIDA DA TERRA

Ovo de ouro - Por Júnia Freire


postado em 14/01/2016 17:43 / atualizado em 14/01/2016 17:47

O ovo simboliza a alma e é perfeito em si mesmo, em forma e conteúdo. Além de simbolizar uma possibilidade de vida, é o companheiro perfeito de viagem, cozido e na casca, junto com um sanduíche, uma fruta e um iogurte. Uma mochila azul, um alto de montanha num dia de sol, um gole de água do cantil, o som do vento. São muitos os caminhos entre as montanhas. Cada paisagem mais linda que a outra. Nessa nossa terra abençoada por céu azul e luz do sol. O verdadeiro ovo de ouro que faz tudo nascer. O ritmo cíclico da natureza. Viver que é a arte de compartilhar. Com pausa para refletir. Que o silêncio cria a atmosfera harmoniosa. Que o tempo dá significado. A ultravelocidade desses nossos dias faz perder o sentido e simplificar é vital. Até porque a natureza amanhece e anoitece dia após dia. Com a tranquilidade de quem sabe da eternidade. Usando como ingrediente essa obra-prima da natureza, aprenda agora.

 

(foto: Beto Novaes/EM/D.A Press - 15/04/11)
(foto: Beto Novaes/EM/D.A Press - 15/04/11)
 

 

Pão de queijo

Os ingredientes

  • 1kg de polvilho azedo
  • 1 colher de sopa de sal
  • 1 copo de óleo
  • 1 copo de água
  • 1 copo de leite
  • 4 ovos
  • 300g de queijo canastra ralado


Os segredos

Misture o polvilho e o leite, fazendo uma farofa fininha.
Ferva a água, o óleo e o sal e escalde o polvilho e deixe esfriar.
Depois de frio, junte os 4 ovos batidos como para omelete e o queijo.
Amasse bem, faça as bolinhas e congele. Para assar quando achar melhor.

 

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade