Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. ASSINE AGORA >>

Publicidade

Estado de Minas

Estreia hoje o documentário sobre a trajetória de José Aparecido

Filme de Mário Lúcio Brandão e Gustavo Brandão será exibido em sessão especial do Festival de Brasília do Cinema Brasileiro


postado em 23/11/2019 04:00 / atualizado em 22/11/2019 17:26


BLOGAR A FOTO EMC 70344
 
José Aparecido de Oliveira, tema de documentário que será lançado hoje, e Oscar Niemeyer em Brasília(foto: Arquivo EM)
José Aparecido de Oliveira, tema de documentário que será lançado hoje, e Oscar Niemeyer em Brasília (foto: Arquivo EM)







JOSÉ APARECIDO
DOCUMENTÁRIO EM BRASÍLIA
 
O 52º Festival de Brasília do Cinema Brasileiro, o mais longevo do país, foi aberto ontem e terá prosseguimento até 1º de dezembro. Neste sábado, um dos filmes em cartaz no Cine Brasília será o documentário José Aparecido de Oliveira – O maior mineiro do mundo, produção de Mário Lúcio Brandão e Gustavo Brandão. Familiares de Zé Aparecido, a viúva Leonor de Oliveira e os filhos Maria Cecília e José Fernando de Oliveira, estarão presentes.

***

O filme focaliza a vida do político mineiro, que foi o primeiro ministro da Cultura do país, embaixador em Portugal, governador de Brasília, deputado federal e secretário particular do presidente Jânio Quadros. O documentário será exibido depois em BH.


CIRURGIA ROBÓTICA
FELÍCIO ROCHO/CIÊNCIAS MÉDICAS
 
As diretorias do Hospital Felício Rocho e da Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais celebraram a vitoriosa parceria de dois anos consubstanciada no uso do robô-cirurgião Da Vinci SI, que realizou 800 intervenções em pacientes que sofriam as mais variadas enfermidades registradas nos sistemas urológico, digestório, torácico e ginecológico. Um dos fatos mais comemorados pela comunidade médica mineira foi o primeiro transplante de receptor renal por via robótica na América Latina, realizado pela equipe do Hospital Felício Rocho e testemunhado pelo especialista norte-americano Enrico Benedete, da Universidade de Illinois. Foi implantado um rim em um paciente de 23 anos com atuação direta do rôbo-cirurgião. Francisco de Assis Teixeira Guerra, 
diretor técnico e científico do Felício Rocho, é o coordenador das operações robóticas no hospital.

DUO
VILA DA SERRA

Foi caprichada a reunião de apresentação in loco do lançamento residencial das construtoras Patrimar, Somattos e Minas Brisa no Vila da Serra, o condomínio de luxo Duo. Fica na Alameda do Morro,130, e oferece vista excepcional das montanhas da região. Anfitrionado pelos diretores das empresas, o coquetel teve 150 convidados. Contou com bufê do Rullus, vinhos Catena, da Mistral, e show musical de Elisa Rabello e Kadu Vianna.


TRANCOSO
HAPPY FEET
No 1º Festival de Jazz de Trancoso, realizado em um dos mais badalados resorts do litoral baiano, fez sucesso a banda mineira Happy Feet Jazz Band, comandada por Marcelo Teixeira da Costa, que reforçou o prestígio dos jazzistas do estado. A apresentação ocorreu na Praça do Bosque. O festival faz parte da programação oficial de Trancoso.


AMM
EXTINÇÃO DE MUNICÍPIOS

A Associação Mineira de Municípios (AMM) espera reunir pelo menos 80% dos prefeitos de cidades do estado ameaçadas de extinção pela PEC do governo federal na reunião de terça-feira, às 9h, no auditório do Crea/MG. O encontro contará com a presença de vereadores dos municípios que correm o risco de acabar. Senadores, deputados federais e estaduais e próceres políticos foram convocados. Como se sabe, Minas é o estado com maior número de municípios ameaçados pela PEC.



MAN RAY
NO CCBB

O Centro Cultural Banco do Brasil está anunciando para dezembro a excepcional mostra do fotógrafo, pintor, cineasta e escultor Man Ray. Figura pouco conhecida do público brasileiro, foi um dos maiores fotógrafos do início do século 20 e criador da fotografia surrealista. Ele viveu em Paris de 1921 até praticamente sua morte, em 1976. Serão exibidos nada menos de 255 trabalhos, mostrados pela primeira vez no Brasil. Norte-americano, Man Ray se chamava Emanuel Radnitzky. A curadoria é de Emmanuelle de L'Ecotais, autora do catálogo da obra do artista.



TV DIVERSA
CANAL 40

Desde quinta-feira, assinantes de TV a cabo de BH e adjacências passaram a receber a programação da TV Diversa, a nova emissora cultural da praça, que atua no canal 40. Integra a rede nacional de televisão educativa mantida pela Fundação Minas Gerais e pela Esdeva, mantenedora do colégio e faculdades Arnaldo. O centro de produção fica em Juiz de Fora, numa área de 4 mil metros quadrados. Produz documentários, noticiários e desenhos animados.


UNA BETIM
CENTRO UNIVERSITÁRIO

A UNA comemora mais um feito em Minas Gerais. A unidade Betim acaba de conquistar o status de centro universitário, concedido pelo Ministério da Educação. Foi outorgado com a nota máxima (5). Isso significa que a UNA Betim tem as credenciais necessárias para ostentar a nova classificação: número suficiente de professores mestres e doutores, cursos de diferentes áreas do conhecimento, programas de pesquisa e extensão, excelência de ensino, qualificação do corpo docente e altas condições de trabalho acadêmico oferecidas à comunidade escolar.



PRIVATIZAÇÕES
OPINIÕES DIVERGENTES

O governador Romeu Zema afirmou que a privatização da Cemig dará oportunidade para que o consumidor de energia seja presenteado futuramente com tarifas mais reduzidas. Há controvérsias. Já o prefeito de BH, Alexandre Kalil, disse que a privatização da Cemig e do nióbio de Araxá não vão resolver o problema financeiro do estado. Vai apenas protelá-lo.


NOVA SERRANA
MOSTRA E EXPANSÃO

O Sindicato das Indústrias de Calçados de Nova Serrana já iniciou preparativos para promover, em São Paulo, a 3ª Nova Serrana Feira e Moda, que será realizada de 13 a 15 de janeiro, no Anhembi. As duas primeiras feiras deram resultados proveitosos. Com 1,2 mil fábricas de todos os portes e time laboral de 20 mil trabalhadores diretos e 22 mil indiretos, as empresas de Nova Serrana continuam a contratar. No fim do ano, as vendas aumentam. A única dificuldade é a falta de operários capacitados.
 

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade