SIGA O EM

Justiça deve bloquear LinkedIn na Rússia

Corte decidiu que empresa violou uma lei sobre armazenamentos de dados

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
[]

postado em 10/11/2016 13:49 / atualizado em 10/11/2016 14:27

Agência Estado

Moscou, 10 - O LinkedIn, rede social com foco em negócios, deve ser bloqueada na Rússia após a Justiça ter decidido que a empresa violou uma lei sobre armazenamentos de dados.

A Corte rejeitou um apelo do LinkedIn nesta quinta-feira contra a decisão de que a empresa violou uma lei que demanda que dados pessoais de cidadãos russos devem ser armazenados dentro dos servidores do país.

O caso foi trazido pela Roskomnadzor, a reguladora estatal de telecomunicações e Mídia da Rússia.

O site do LinkedIn ainda podia ser acessado em Moscou na tarde desta quinta-feira, apesar de um representante da Roskomnadzor, Vadim Ampelonsky, ter dito à agência de notícias Interfax que a empresa será bloqueada assim que a Roskomnadzor receber o texto integral da decisão da Justiça, provavelmente na semana que vem. Fonte: Associated Press.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600