SIGA O EM

Nova York terá internet gratuita em toda a cidade no fim de 2015

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 18/11/2014 12:03

AFP /Agence France-Presse

A Prefeitura de Nova York anunciou nesta segunda-feira a seleção de um consórcio de empresas para a instalação da primeira rede de internet gratuita acessível em todos os bairros da cidade no final de 2015.

O sistema "LinkNYC" foi apresentado pelo prefeito Bill de Blasio como "a mais ampla e rápida rede de internet grátis municipal" e terá terminais que substituirão os telefones públicos pagos, segundo um comunicado.

Os terminais oferecerão "acesso à internet grátis 24 horas por dia, sete dias por semana, com velocidades de gigabytes, que é 100 vezes mais rápida que a média da internet pública", informou.

Além disso, incluirá um "leque de outros serviços, incluindo chamadas gratuitas nos Estados Unidos, um tablet tátil com acesso aos serviços da cidade e posto de recarga para equipamentos eletrônicos", entre outros serviços.

A Prefeitura autorizou a construção de até 10 mil terminais "LinkNYC", com um raio de cobertura de 45 metros nos cinco distritos da cidade (Manhattan, Queens, Bronx, Brooklyn e Staten Island).

A rede, que terá seus primeiros equipamentos instalados no fim de 2015, será financiada com publicidade e não custará um único dólar aos contribuintes, explicou a Prefeitura, que espera ganhar 500 milhões de dólares nos próximos 12 anos.

"Com esta proposta para a mais ampla e rápida rede de internet grátis municipal do mundo, acessível e livre para todos os nova-iorquinos e turistas, estamos dando um passo crítico rumo a uma cidade mais equitativa, aberta e conectada", disse De Blasio, citado no texto.

O acordo ainda deve ser validado pelo Comitê de Revisão de Concessões de Franquias da cidade.

Alguns bairros de Nova York, como Chelsea, em Manhattan, já têm internet grátis na rua, devido a um projeto piloto da gigante da informática Google, um serviço também disponível em vários parques.
Tags:
Comentários O comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.