Publicidade

Estado de Minas

Conheça o Wikipass, novo aplicativo para gerenciar redes sociais

Aplicativos que permitem ao usuário gerenciar seus vários perfis na internet de forma organizada ganham espaço num mercado que muda a cada segundo


postado em 06/11/2014 09:07 / atualizado em 06/11/2014 09:29

Com tanta rede social disponível e uma nova ferramenta surgindo a cada dia, acompanhar tudo que está acontecendo em cada uma delas se tornou uma tarefa extenuante para os usuários que mantêm dois, três, quatro perfis ativos em plataformas distintas. O mercado de tecnologia percebeu essa dificuldade e resolveu facilitar a vida não apenas dos internautas comuns, mas também de empresários que têm diversas páginas dedicadas à promoção da marca ou mesmo à venda de produtos.


O CEO da Wikipass, Diego Boufleur, de 40 anos, reconhece que o caos gerado pela quantidade de conteúdo disponível nas redes sociais mais badaladas foi a inspiração para o desenvolvimento de uma ferramenta brasileira capaz de colocar ordem nesta bagunça. “Percebi que as pessoas estavam reclamando muito da dimensão que esse universo ganhou, com todo mundo consumindo e gerando conteúdo. E a tendência é piorar, com a chegada de novas redes sociais. Por isso, surgiu a ideia de ajudar o usuário a organizar isso tudo”, conta o empresário gaúcho, de Caxias do Sul.

Além de permitir o acesso simultâneo aos perfis do Facebook, Twitter, Instagram, Linkedin, YouTube e, a partir desta semana, Tumblr, o Wikipass traz serviços simples, mas capazes de atender as principais demandas dos usuários. “As pessoas podem ver, na mesma timeline, o conteúdo em ordem cronológica de todas as redes sociais cadastradas. Essa é a primeira forma de organizar”, explica. Para quem ainda quiser filtrar as atualizações e até seguidores de acordo com o interesse, é possível. “Criamos a timeline inteligente. A pessoa seleciona as páginas que quer priorizar e só vai ver nesta aba aquilo que escolheu”, detalha.

Finalmente, a possibilidade de colecionar conteúdos tem atraído a atenção de quem não quer perder nada, mas nem sempre está com tempo para ler um texto ou ver um vídeo no momento em que ele é postado. “O conceito é muito parecido com o do Pinterest”, resume Diego. Lançado oficialmente em maio, o Wikipass segue com a meta de liberar o acesso a novas redes sociais e já planeja expandir o conceito para o conteúdo geral da web. “As pessoas vêm nos dando este retorno, de que deveríamos ir além das redes sociais. A ideia é que os usuários sejam capazes de capturar conteúdos de portais e organizar isso, caminhando para uma linha que lembra o Pinterest”, antecipa o empresário.

Demandas como agendamento de posts, geração de estatísticas e dados de gerenciamento estão no portfólio futuro de produtos. “Estamos dando grande prioridade agora à ferramenta de busca que vamos disponibilizar a partir do ano que vem. Por meio dela, a pessoa poderá fazer uma varredura em todas as redes sociais cadastradas a partir de uma palavra-chave. O resultado trará tudo que estiver disponível sobre aquele assunto. Também serão criados indicadores e formas de avaliar esses conteúdos”, detalha Diego Boufleur.

Serviços semelhantes já são disponibilizados por gigantes deste mercado, entre eles, o Hoot Suite e o Buffer. As duas plataformas estão entre as mais populares entre os usuários e são pioneiras neste segmento (veja abaixo). O analista de redes sociais da agência de comunicação Plan B, Marcos Oliveira, observa que muitos dos aplicativos e sites surgiram para ajudar o usuário, mas reconhece que os principais interessados em facilidades como estas são os próprios profissionais da área. “São, normalmente, pessoas que gerenciam mais de uma conta”, afirma.

Na cola

Oliveira lembra que as próprias redes sociais estão antenadas às necessidades de gerenciamento criadas pelos usuários e também têm se movimentado para garantir a prestação do serviço. “Com o tempo, as próprias mídias vão evoluindo e essas ferramentas ajudam que esse processo ocorra. Isso porque as redes sociais precisam de um tempo para entender o que está sendo criado para então oferecer a função. Um exemplo é o Facebook, que já disponibiliza um gerenciador de páginas específico para quem tem muitas contas. Outra coisa é o agendamento de post, que antes não existia”, enumera.

Outra questão que deve ser considerada pelos usuários é a possibilidade de haver incompatibilidade entre a plataforma utilizada e a rede social propriamente dita. “Os horários são um exemplo. Você agenda o post e ele não entra. Existe a possibilidade de haver falhas”, alerta Marcos Oliveira. O ideal, segundo o analista, é avaliar a real necessidade da ferramenta e os benefícios que tem a oferecer para a demanda específica daquele usuário.

 

Facilite sua vida

Conheça aplicativos que ajudam a gerenciar várias redes sociais em um só lugar:

» Wikipass
Redes sociais que agrega: Facebook, Twitter, Instagram, Linkedin,
YouTube e Tumblr

Com a timeline inteligente é possível ver somente as atualizações de perfis selecionados e ocultar aquilo que não interessa. Também permite realizar posts simultaneamente nas redes sociais cadastradas. Outro benefício é permitir o arquivamento de posts de interesse, ótima alternativa para quem está sem tempo de ver o material naquele momento e não quer perder tempo procurando depois. Por outro lado, não permite agendamento de posts e não gera dados estatísticos relacionados às postagens, o que pode ser uma dificuldade para quem trabalha com gerenciamento de marca
ou imagem.

» Hoot Suite
Redes sociais que agrega: Twitter, Facebook, Google+, Linkedin, Foursquare, Wordpress e MySpace

Tem várias ferramentas, entre elas agendamento de posts para cada rede social com data e horário específicos e acesso a uma tabela de controle com os posts atuais, passados e futuros, além da filtragem do conteúdo de interesse por meio de palavra-chave. Também possibilita acompanhamento das estatísticas das redes e gera relatórios automatizados. O interessante é que, além disso tudo e de outros benefícios, possibilita a visualização do feed de notícias e interação com os seguidores e amigos. Quem pretender gerenciar mais de três perfis simultaneamente, precisa pagar mensalidade de US$ 9,99. Em geral, tem mais apelo para profissionais da área que precisam gerenciar marcas e imagens.

» Buffer
Redes sociais que agrega: Twitter, Facebook, Linkedin, Google+ e App.net

É uma das alternativas mais práticas e fáceis de agendar os posts em várias páginas simultaneamente. É uma boa opção, por exemplo, para quem tem blog e quer divulgar as atualizações nos vários perfis que mantêm nas redes sociais, ou para marcas que estão fazendo campanhas ou liquidações. Com uma interface mais limpa que o Hoot Suite, é mais amigável e auto-explicativo, por isso, melhor alternativa para quem valoriza esses conceitos e busca alternativas rápidas e práticas. Fornece ainda dados estatísticos para que o usuário mensure as visualizações geradas em cada post publicado. Mas não permite, por exemplo, visualizar o feed de notícias. Por conta disso não é uma boa maneira de acompanhar o conteúdo que está sendo colocado nas redes sociais.

» MarketMeSuite
Redes sociais que agrega: Facebook, Twitter, Lindedin e Instagram

Ótima ferramenta para a promoção de marketing por meio das redes socias. Permite que os empresários gerenciem o que estão falando sobre a marca e interajam com potenciais clientes que estejam dentro de um raio de atuação previamente fixado. Também possibilita o agendamento de posts e o acompanhamento dos resultados por meio de dados estatísticos. Desta forma é possível mensurar se as ações desenvolvidas estão surtindo o efeito esperado.

 

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade