SIGA O EM

Peças de Shakespeare ganham versão digital

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 05/11/2014 11:32 / atualizado em 05/11/2014 11:36

AFP /Agence France-Presse

Reprodução http://www.globeplayer.tv/videos/romeo-juliet/rent

LONDRES - Baixar ou não baixar, talvez transmitir em 'streaming'... Eis a questão que um novo projeto digital pretende resolver, ao disponibilizar, pela primeira vez, peças de Shakespeare 'on demand' para o público internacional.

O tradicional Globe Theatre, de Londres, disponibilizou 50 produções para download como filmes de longa-metragem e em alta resolução em sua plataforma dedicada online, algo inédito no mundo, anunciou a casa nesta terça-feira.

Entre as peças disponíveis está a aclamadíssima produção de "Noite de Reis", estrelada pelos atores britânicos Mark Rylance e Stephen Fry, assim como a performance premiada de Roger Allam em "Henrique IV, Parte 1" e "Henrique IV, Parte 2".

Outros clássicos incluem "A Megera Domada", "Como Gostais", "Trabalhos de Amor Perdidos" e "Romeu e Julieta".

Os filmes, disponíveis para aluguel ao preço de £3,99 (EUR 5,1 ou US$ 6,4) ou para compra por £7,99 (EUR 10,18 ou US$ 12,7) no GlobePlayer.tv - parte do custo da apresentação ao vivo -, são compatíveis com smartphones e tablets.

"O Globe sempre está em busca de novas formas de levar Shakespeare para o mundo e compartilhar suas peças incríveis com o maior número de pessoas possível", afirmou o diretor artístico do teatro, Dominic Dromgoole.

Uma série de produções em língua estrangeira, apresentada como parte do festival internacional de teatro "Globe to Globe", durante as Olimpíadas de Londres-2012, também foi disponibilizada em seu site na internet.

Além disso, mais de cem entrevistas podem ser baixadas de graça com atores, como Judi Dench, Ewan McGregor, Sir Ian McKellen e Jude Law, discutindo os trabalhos dramáticos de Shakespeare.

O teatro, situado na margem sul do rio Tâmisa, uma reconstrução de um teatro elisabetano onde as peças do bardo foram apresentadas pela primeira vez, filma produções desde 2009.

O projeto é o mais recente desenvolvimento na tendência de links ao vivo e de transmissão de peças, depois que o Metropolitan Opera de Nova York, começou a apresentar performances em cinemas em 2006.

 

Tags:
Comentários O comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.