19°/ 25°
Belo Horizonte,
24/NOV/2014
  • (13) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

CNV pede que Polícia Federal acompanhe investigações sobre morte de coronel Coordenados da Comissão Nacional da Verdade pediu participação da PF nas investigações, que devem ocorrer com "rigor e celeridade"

Estado de Minas

Publicação: 25/04/2014 16:18 Atualização: 25/04/2014 16:40

Paulo Malhães recentemente confirmou em comissão ter torturado e assassinado presos políticos (Comissão Nacional da Verdade/Divulgação)
Paulo Malhães recentemente confirmou em comissão ter torturado e assassinado presos políticos

A Comissão Nacional da Verdade (CNV) pediu que a Polícia Federal participe da investigação sobre a morte do ex-agente do Centro de Informações do Exército, Paulo Malhães, ocorrida na noite dessa quinta-feira, em sua residência em Nova Iguaçu. O coordenador da comissão, Pedro Dallari, entrou em contato com o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, no início da tarde desta sexta-feira, para solicitar que a PF acompanhe o trabalho da Polícia Civil do Rio de Janeiro no caso.

Para a CNV, a eventual relação do crime com as revelações feitas por Malhães à Comissão Nacional da Verdade, à Comissão Estadual da Verdade do Rio e à imprensa deve ser investigada "com rigor e celeridade". "Por se tratar de uma situação que envolve investigação conduzida pela CNV, que é órgão federal , pedi que a Policia Federal fosse acionada para acompanhar as investigações conduzidas pela Polícia Civil do Rio", afirmou Dallari.

Mais cedo, o presidente da Comissão Estadual da Verdade (CEV) do Rio de Janeiro, Wadih Damous, disse que a morte do coronel pode estar relacionada ao depoimento prestado em março. "Na minha opinião, é possível que o assassinato do coronel Paulo Malhães tenha sido queima de arquivo", afirmou Damous.

Segundo o presidente da CEV, Malhães foi um agente importante da repressão política na época da ditadura e era detentor de muitas informações sobre fatos que ocorreram nos bastidores naquela época. "É preciso que seja aberta com urgência uma investigação na área federal para apurar os fatos ocorridos no dia de hoje. A investigação da morte do coronel Paulo Malhães precisa ser feita com muito rigor porque tudo a leva a crer que ele foi assassinado", disse Damous.

Tortura

Em março, Malhães prestou depoimento à Comissão Nacional da Verdade (CNV) e revelou ter participado de torturas de opositores do regime militar, durante a ditadura. Disse ainda ter sido o responsável pelo sumiço do corpo do deputado Rubens Paiva, desaparecido em 1971. Demonstrando frieza, o militar admitiu que torturou, matou e mutilou corpos, arrancando dentes e as pontas dos dedos das vítimas. O procedimento, segundo ele, era necessário para para impossibilitar a identificação dos mortos. Perguntado se tinha arrependimento, o coronel afirmou que "não tinha outra solução" e que matou "tantos quanto foram necessários".

O corpo de Malhães foi encontrado sítio em que morava em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense, com marcas de asfixia, segundo a Polícia Civil. De acordo com o relato da viúva Cristina Batista Malhães, três homens invadiram o sítio de Malhães na noite desta quinta-feira, 24, à procura de armas. O coronel seria colecionador de armamentos, disse a mulher aos policiais da Divisão de Homicídios da Baixada que estiveram na propriedade. Cristina disse que ela e o caseiro foram amarrados e trancados em um cômodo, das 13h às 22h desta quinta-feira.
Tags:

Esta matéria tem: (13) comentários

Autor: dias dias
Praça 7 - BH - MG - 15:00 hs ! Sem lutar nada vai mudar nesse pais ! Passeata contra a corrupção ! | Denuncie |

Autor: dias dias
""Preso politico"" os cambau ! Hoje tem aposentadoria de 6500 reais vitalicio ! No maximo tomou uns tapas na orelha ! No Brasil o crime compensa mesmo ! | Denuncie |

Autor: dias dias
Essa CV exala revanchismo por todos os poros ! E não estão para brincadeira ! | Denuncie |

Autor: dias dias
Pq não investigam a morte do TANCREDO NEVES ? Os comunistas tiraram um patriota do seu caminho ! | Denuncie |

Autor: Geraldo Pianetti F.
Esta CNV é anacrônica e tendenciosa. Gastou tempo e dinheiro para chegar a conclusão de que JK morreu em acidente...exumaram o corpo errado para avaliar a morte do Jango e se preparam para esclarecer as condições da morte de Dom Pedro I. Brincadeira...Coisas sérias estão acontecendo... | Denuncie |

Autor: Marcio Guastaferro
Prato cheio para esta "começão" da verdade, a teoria da conspiração será reforçada principalmente devido ao fiasco do assassinato do JK. Em tempo, quem viu parte do depoimento do Cel. na TV dava para observar que ele não falava coisa com coisa. Pêsames a família. | Denuncie |

Autor: Daniel Coelho
Este não é o Sadam? | Denuncie |

Autor: Costa Costa
Saddam Hussein não morreu? | Denuncie |

Autor: Marco Pereira
Todos os países que tinham e ainda resistem no comunismo, vocês já viram a merda que é? e o detalhe é que são na maioria, um povo estudado com profissão. Aqui no Brasil se tivesse o comunismo vitorioso, seríamos pior do que Cuba. Brasileiro não se preocupou em se formar daí, seria um caos este país. | Denuncie |

Autor: Marco Pereira
MATARAM O CORONEL POR VINGANÇA. QUEM FALAR O CONTRÁRIO, É PORQUE QUER COBRIR UM ASSASSINATO. Assim era naquele tempo. Matavam militares emilitares, civis. Era uma guerra tupiniquim que deu no que deu. Os dois lados foram cruéis: civil e militar. Só que, para o Brasil, foi bom a repressão. Hoje... | Denuncie |

Autor: jorge aparecido dutra
Isso cheira a revanchismo, e é perigoso. Essa CNV é formada por ex bandidos terroristas, assim como a cúpula do governo federal, portanto a autoria não deve demorar a ser esclarecida. | Denuncie |

Autor: geraldo silveira
essa morte não tem nada haver com o passado do coronel, e sim puro bandidismo, marginais sabiam das armas e queriam aumentar seu poderio de fogo, essa desconfiança é coisa de anienado, aloprado!!! | Denuncie |

Autor: Marco Antonio Azevedo Meyer
Fui preso político durante o regime militar.Presenciei mais de 300 brasileiros serem torturados. Gente simples: negro que deu um soco num soldado;português dono de mercearia que "paquerou"mulher de coronel,etc. Este torturador se gabava dos crimes cometidos. Quem com ferro fere com ferro sera ferido" | Denuncie |

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Envie sua história efaça parte da rede de conteúdo do grupo Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.