14°/ 31°
Belo Horizonte,
02/SET/2014
  • (2) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Cinegrafista ferido » Rapaz que entregou rojão a outro se apresenta à polícia Fábio Raposo se apresentou à Polícia Civil do Rio, na madrugada deste sábado, e afirmou ser o rapaz que, nas imagens de emissoras de TV, aparece caminhando ao lado do homem que acendeu o rojão e feriu o cinegrafista Santiago Ilídio Andrade, de 49 anos

Agência Estado

Publicação: 08/02/2014 11:39 Atualização: 08/02/2014 11:44

Cinegrafista da TV Bandeirantes Santiago Ilídio Andrade, de 49 anos, continua internado em estado grave no Hospital Municipal Souza Aguiar, no centro do Rio (DOMINGOS PEIXOTO / AGENCIA OGLOBO / AFP)
Cinegrafista da TV Bandeirantes Santiago Ilídio Andrade, de 49 anos, continua internado em estado grave no Hospital Municipal Souza Aguiar, no centro do Rio

O tatuador Fábio Raposo se apresentou à Polícia Civil do Rio, na madrugada deste sábado, e afirmou ser o rapaz que, nas imagens de emissoras de TV, aparece caminhando ao lado do homem de camiseta cinza que acendeu o rojão que feriu o cinegrafista Santiago Ilídio Andrade, de 49 anos, durante protesto no Rio na última quinta-feira.

Nas imagens, Raposo aparece de bermuda caminhando ao lado do rapaz de cinza. O tatuador foi à 16ª DP, na Barra da Tijuca (zona oeste), e contou ter comparecido à manifestação para protestar contra o aumento das passagens de ônibus. Em certo momento, viu uma pessoa derrubar um artefato no chão e pegou o rojão.

Permaneceu com o artefato por alguns minutos, até que o rapaz de camiseta cinza, que Raposo diz desconhecer, o encontrou e pediu o rojão. Então o tatuador entregou o rojão, que foi aceso pelo suposto desconhecido.

Raposo foi liberado após prestar depoimento. Embora negue ter levado o rojão ao protesto, ele será indiciado pelos mesmos crimes que serão atribuídos a quem houver aceso o artefato, segundo o delegado Maurício Luciano de Almeida e Silva, da 17ª DP (São Cristóvão), que investiga o crime. O policial deve acusá-lo pelos crimes de explosão e tentativa de homicídio, esta qualificada por uso de explosivo.
Tags:

Esta matéria tem: (2) comentários

Autor: Facioedino oliveira
UAI, a imprensa já tava falando que era os poliça. | Denuncie |

Autor: Carlos Felipe Guimaraes
Onde estão os neocomunas babacas (incluindo o Ricardo Boechat, da Band) que logo se precipitaram em acusar a polícia pelo incidente? Aos poucos, a anarquia está se instalando no país, sob a falsa bandeira da "liberdade de expressão e manifestação", e com um discurso de desmoralização das polícias... | Denuncie |

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Envie sua história efaça parte da rede de conteúdo do grupo Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.