Circulação de trens no Rio é normalizada

Concessionária Supervia será multada por agência reguladora. Causa do descarrilhamento ainda está sendo investigada

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

postado em 22/01/2014 17:19 / atualizado em 22/01/2014 19:08

Estado de Minas

A circulação das composições da Supervia Trens Urbanos, no Rio, foi normalizada em dois ramais, Saracuruna e Belford Roxo, a partir das 16h desta quarta-feira, 22, de acordo com a concessionária. A circulação estava interrompida desde as 5h15. Nos outros três ramais (Santa Cruz, Japeri e Deodoro), a circulação é parcial, entre as estações terminais e a São Francisco Xavier.

Nos ramais Saracuruna e Belford Roxo, segundo a SuperVia, ocorrem saídas regulares a cada 15 minutos da Estação Central do Brasil. A equipe técnica da SuperVia permanece no local da ocorrência, próximo à Estação São Cristóvão, para continuar os reparos e normalizar a circulação nos ramais Santa Cruz, Japeri e Deodoro.

Multa

A reguladora Agetransp informou em nota que multará a concessionária Supervia "por falhas detectadas no plano de contingência, na comunicação e no atendimento aos usuários do sistema de trens urbanos". A agência não revelou o valor da multa.

O conselheiro presidente da agência, Cesar Mastrangelo, e técnicos da Agetransp estiveram no local do acidente ferroviário na manhã desta quarta-feira, 22, "a fim de acompanhar o trabalho de apuração e o atendimento aos usuários", segundo a nota.

A agência informou ainda ter enviado peritos à oficina da Concessionária "com o objetivo de produzir laudo detalhado no trem que descarrilou". "As causas do incidente ainda estão sendo investigadas", disse a Agetransp no comunicado.

A Autarquia de Proteção e Defesa do Consumidor do Rio de Janeiro (Procon-RJ) informou que também multará a concessionárias, mas não divulgou o valor.

Tags:
Comentários O comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.