Publicidade

Estado de Minas

Temer rejeita acusações absurdas de procurador-geral da República


postado em 14/09/2017 20:16

A Presidência da República acusou nesta quinta-feira (14) o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, de adotar uma conduta "irresponsável" e afirmou que a nova denúncia de corrupção apresentada contra o presidente Michel Temer está "recheada de absurdos".

"O procurador-geral da República continua sua marcha irresponsável para encobrir suas próprias falhas" com uma denúncia "recheada de absurdos", diz a Secretaria de Comunicação da Presidência em um comunicado.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade