SIGA O EM

Press Release from Business Wire : Patient Safety Movement Foundation

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
[]

postado em 29/11/2016 15:10

AFP /Agence France-Presse

A Patient Safety Movement Foundation (PSMF) nomeou a renomada defensora da segurança, a Dra. Jannicke Mellin-Olsen, DPH, para seu Conselho Administrativo. Além de seu cargo clínico em tempo integral no Hospital Bærum em Oslo, Noruega, a Dra. Mellin-Olsen atua como Secretária da Sociedade Europeia de Anestesiologia e presidente eleita da Federação Mundial das Sociedades de Anestesiologistas.

"Somos muito gratos por ter a Dr. Mellin-Olsen em nosso conselho", disse Joe Kiani, fundador e presidente do Conselho Administrativo da Patient Safety Movement Foundation. "Por mais de 25 anos, a Dra. Mellin-Olsen tem sido extremamente ativa internacionalmente na promoção de práticas seguras de anestesiologia, dedicando sua vida para salvar os pacientes de danos e mortes evitáveis. Com a ajuda de líderes respeitados e empenhados como a Dra. Mellin-Olsen, esperamos poder um dia eliminar todas as mortes evitáveis de pacientes em todos os continentes".

A Dra. Mellin-Olsen começou a trabalhar em iniciativas de segurança do paciente durante seu treinamento em residência no Hospital Universitário de Trondheim, na Noruega, onde fez sua especialização em 1992. Atualmente, ela é anestesiologista clínica em tempo integral do Bærum Hospital, na Noruega. Ela serviu nas Forças de Manutenção de Paz das Nações Unidas no Líbano e na Cruz Vermelha no Paquistão e na Sérvia e, durante 10 anos, foi diretora médica da região Europa, Oriente Médio e África para a MedAire, Inc., que fornece serviços médicos remotos a pacientes no ar e no mar. Enquanto atuava no Conselho Europeu de Anestesiologia, ela presidiu o Comitê de Segurança e Qualidade do Paciente e, posteriormente, durante sua presidência, foi a força motriz da Declaração de Helsinque sobre a Segurança do Paciente em Anestesiologia, lançada em 2010. A Dra. Mellin-Olsen também atua como Presidente do Conselho da rede regional da fundação, disseminando a missão da fundação para as partes interessadas em toda a Europa. Ela é a Secretária da Sociedade Europeia de Anestesiologia e Presidente eleita da Federação Mundial de Sociedades de Anestesiologistas.

"É uma honra atuar no Conselho Administrativo da Patient Safety Movement Foundation, uma extensão natural do meu trabalho de defesa da segurança do paciente em todo o mundo", disse a Dra. Mellin-Olsen. "Quando um paciente confia a sua vida ao sistema de saúde, é nosso dever juramentado como médicos proteger este paciente de qualquer dano evitável. Estou empolgada em poder ajudar a agilizar seus esforços internacionalmente e envolver mais partes interessadas em todo o mundo em sua missão de eliminar mortes evitáveis em hospitais".

Os membros do Conselho da Patient Safety Movement Foundation incluem; Dr. Steven Barker, professor emérito de Anestesiologia da Universidade do Arizona e CSO da Masimo; Robin Betts, MBA-HM, RN, Vice-presidente Assistente de Qualidade de Segurança do Paciente; Alicia Cole, Diretora Executiva da Alliance for Safety Awareness for Patients; Omar Ishrak, Presidente do Conselho Administrativo e Diretor Executivo da Medtronic plc; Dr. David Mayer, Vice-presidente de Qualidade e Segurança da MedStar Health; Jim Messina, Diretor Executivo do The Messina Group; Charlie Miceli, Vice-presidente de Sistemas de Informação e Cadeia de Fornecimento da Fletcher Allen Health Care; Tamra E. Minnier, RN, MSN, FACHE, Diretora de Qualidade da University of Pittsburgh Medical Center; Steven Moreau, Presidente e Diretor Executivo do St. Joseph Hospital; e Dr. Michael A. E. Ramsay, MD, FRCA, Presidente do Conselho Administrativo do Departamento de Anestesiologia da Baylor University Medical Center e Presidente do Baylor Research Institute.

Sobre a Patient Safety Movement Foundation

Mais de 200 mil pessoas morrem todos os anos em hospitais dos EUA de formas que poderiam ser evitadas. A Patient Safety Movement Foundation foi estabelecida a partir do apoio da Masimo Foundation for Ethics, Innovation, and Competition in Healthcare, com o objetivo de reduzir a zero o número de mortes evitáveis até 2020 (0x2020). Aprimorar a segurança do paciente exigirá um esforço de colaboração de todas as partes interessadas, o que inclui pacientes, prestadores de cuidados de saúde, empresas de tecnologia médica, governos, empregadores e pagadores privados. A Patient Safety Movement Foundation atua com todas as partes interessadas para abordar os problemas e as soluções no campo da segurança do paciente. A fundação realiza também Cúpulas de Segurança de Pacientes, Ciência e Tecnologia. A primeira cúpula anual ocorreu em Janeiro de 2013 e reuniu algumas das melhores mentes de nosso país para a realização de debates instigantes e novas ideias para desafiar o status quo. Ao apresentar receitas específicas e de alto impacto para lidar com os desafios da segurança de pacientes, incentivar empresas de tecnologia médica a compartilhar os dados com quem adquire seus produtos e pedir que os hospitais estabeleçam compromissos para implementar soluções acionáveis em segurança de pacientes, a Fundação está trabalhando para alcançar a meta de erradicar as mortes evitáveis até 2020. Visite http://patientsafetymovement.org.

@0x2020 #patientsafety #0x2020

O texto no idioma original deste anúncio é a versão oficial autorizada. As traduções são fornecidas apenas como uma facilidade e devem se referir ao texto no idioma original, que é a única versão do texto que tem efeito legal.

Ver a versão original em businesswire.com: http://www.businesswire.com/news/home/20161129006026/pt/

Patient Safety Movement Foundation Irene Paigah, 858-859-7001 irene@paigah.com

This material is not an AFP editorial material and AFP shall not bear responsability for the accuracy of its content. In case you have any questions about the content, kindly refer to the contact person mentioned in the text of the release.

End of the Business Wire's Press Release



Tags: bsw release press
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600