19°/ 31°
Belo Horizonte,
02/OUT/2014
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Putin: Rússia atuará de maneira decisiva se for comprovado uso de armas químicas na Síria

AFP - Agence France-Presse

Publicação: 04/09/2013 06:16 Atualização:

O presidente russo, Vladimir Putin, pediu nesta quarta-feira aos países ocidentais que apresentem na ONU provas convincentes do suposto uso de armas químicas na Síria e disse que Moscou atuará "de maneira mais decisiva" caso fique comprovado o responsável.

"Se existem provas de que armas químicas foram usadas, pelo exército, estas provas devem ser apresentadas ao Conselho de Segurança da ONU. E têm que ser convincentes", disse Putin em uma entrevista à emissora de TV Pervyi Kanal, um dia antes da reunião do G20 em São Petersburgo.

"As provas não têm que ser baseadas em boatos ou informações recebidas pelos serviços secretos", completou.

Putin disse que se ficar comprovado quais armas foram usadas e quem as utilizou, a Rússia "estará disposta a atuar de maneira mais decisiva e séria".

Moscou é um dos principais apoios do regime de Bashar al-Assad e bloqueia há dois anos, ao lado da China, qualquer tentativa de resolução de condenação na ONU.

O governo dos Estados Unidos acusa o regime sírio de um ataque com armas químicas em 21 de agosto.

"Segundo o direito internacional, apenas o Conselho de Segurança da ONU pode decidir o uso de armas contra um Estado. Em caso contrário, o uso da força contra um Estado independente e soberano seria inaceitável e apenas poderia ser classificado de agressão", disse Putin.

Washington anunciou que está disposto a atacar, sem o aval da ONU, mas o presidente americano Barack Obama deseja obter primeiro a aprovação do Congresso para uma ação "limitada", que poderia acontecer dentro de 10 dias.

Putin confirmou ainda que a Rússia forneceu alguns elementos do sistema de mísseis S300 a Síria, mas destacou que no momento as entregas estão suspensas.

O sistema S300 é equivalente ao Patriot americano de proteção antimísseis.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Envie sua história efaça parte da rede de conteúdo do grupo Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.