SIGA O EM

Após desfile, Baianas Ozadas reúne 40 mil na Praça da Estação

Desfile cumpriu com exatidão meta de seguir rota de primeiro bloco carnavalesco da capital em quatro horas

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
[]

postado em 08/02/2016 16:02 / atualizado em 08/02/2016 17:13

Estado de Minas




Um dos mais tradicionais blocos de BH, o Baianas Ozadas movimentou a cidade nesta segunda-feira em quatro horas exatas de desfile. O bloco, que saiu da concentração na Praça da Liberdade às 11h, chegou à Praça da Estação, como programado, às 15h, onde a festa seguiu, com muito axé e refresco proporcionado pelas fontes, que desta vez não decepcionaram os foliões como em outros eventos.

Criado em 2013, o Baianas Ozadas tinha como missão reconstituir o primeiro desfile na capital, feito pelo Diabos da Luneta, em 1899. Missão cumprida!


Da concentração, iniciada às 10h, já era possível ter noção da organização do grupo, com pessoas se ajudando a dar um toque final no look, que remete à tradição baiana.

O desfile começou com uma multidão seguindo a afinada bateria da Praça da Liberdade à Avenida João Pinheiro. Com cerca de 500 integrantes, o time do batuque foi outro ponto alto da festa.



Da João Pinheiro, o Baianas seguiu até a Avenida Álvares Cabral rumo à Afonso Pena. O grupo tomou conta da avenida e outros foliões se juntaram ao bloco, aproveitando a estrutura de arquibancadas montada pela prefeitura para os desfiles que serão realizadas nesta segunda e terça-feira à noite.


Em seguida, o bloco seguiu pela Rua da Bahia, na contramão, para fazer uma parada próximo ao Viaduto Santa Tereza e lavar as escadarias do edifício Sulacap, momento mais esperado da festa. Flores foram depositadas nas escadarias. E alguns integrantes abriram uma faixa com os dizeres "sejamos livres para amar sem preconceitos".


Após a lavagem da escadaria, o grupo seguiu para a Praça da Estação, juntamente com outros pequenos blocos que se juntaram ao Baianas ao longo do percurso. Segundo a PM, ao chegar à Praça da Estação, a movimentação era em torno de 40 mil pessoas. O trajeto seguiu tranquilo, sem ocorrências.

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600