SIGA O EM

Veja imagens do deslocamento de lama de barragem da Samarco em Mariana

As imagens foram exibidas durante a audiência pública da Comissão Extraordinária de Barragens

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
[]

postado em 28/01/2016 13:40 / atualizado em 28/01/2016 15:25

Cristiane Silva , Carolina Mansur , Rafael Passos


Um vídeo divulgado na manhã desta quinta-feira na Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) mostra deslocamento da material ocorrido na tarde de ontem na Barragem do Fundão, em Mariana, Região Central de Minas. Deslizamento na área da barragem levou a Samarco a acionar alerta amarelo e retirar funcionários e outras pessoas que estavam na área. As imagens foram exibidas durante a audiência pública da Comissão Extraordinária de Barragens, com a presença das famílias atingidas pela tragédia em novembro do ano passado.

O procurador Edmundo Antônio Dias Netto Junior, informa que a procuradora federal Walquiria Piccolli, estava no local no momento em que foi gravado o vídeo.

Cerca de 1 milhão de metros cúbicos de rejeitos se moveram da Barragem Fundão nessa quarta-feira, segundo estimativa do Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), que realizou ontem uma vistoria prévia no reservatório. Hoje, técnicos do órgão federal farão nova inspeção no local. O volume que se deslocou da Barragem do Fundão seria suficiente para encher mais 360 piscinas olímpicas (50 metros de comprimento por 25m de largura).
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600
 
Bruno
Bruno - 28 de Janeiro às 19:17
Tem de falar e falar, cobrar e cobrar até haver punições e as pessoas atingidas terem pelo menos um pouco de sua vida de volta.
 
Julio
Julio - 28 de Janeiro às 16:06
ja encheu o sac* esse assunto todo dia todo dia todo dia.
 
Marcio
Marcio - 28 de Janeiro às 20:44
ALGUÉM TE OBRIGA A LER?????
 
Bruno
Bruno - 28 de Janeiro às 19:17
se encheu o seu saco imagine o das pessoas atingidas e que até hoje não receberam sua vida de volta
 
Gaguigu
Gaguigu - 28 de Janeiro às 15:59
Bomba relógio...