Mulher condenada por mandar cortar pênis de ex-noivo em MG é presa em SP

A motivação do crime foi o rompimento do relacionamento por parte do ex-companheiro dela três dias antes do casamento. Mulher será transferida para BH ainda nesta terça-feira

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

postado em 01/04/2014 18:09 / atualizado em 02/04/2014 08:51

Estado de Minas

Será transferida na noite desta terça-feira para Belo Horizonte a médica mineira Myriam Priscilla de Rezende Castro, de 34 anos, condenada a seis anos de reclusão por ter mandado dois homens cortar o pênis do ex-noivo. O crime foi em 2002, em Juiz de Fora, na Zona da Mata. A mulher foi presa por policiais da Coordenação de Operações da Superintendência de Investigação e Polícia Judiciária (SIPJ) da Polícia Civil do Estado de Minas Gerais, na manhã desta terça-feira, quando saia de um condomínio de luxo. A motivação do crime foi o rompimento do relacionamento por parte do ex-companheiro dela três dias antes do casamento.

De acordo com a Polícia Civil, Wendel José de Souza rompeu o relacionamento com Myriam Priscilla de Rezende Castro, de 34 anos, dias antes do casamento. A mulher ficou revoltada e, junto com o pai, contratou dois homens para mutilar os órgãos genitais do ex-noivo.

Wendel foi rendido pelos criminosos quando estava na companhia do irmão, que desmaiou ao ver a cena de violência. Os homens usaram uma faca para cortar o pênis do rapaz e disseram que estavam cometendo o ato a mando da ex-noiva dele. Conforme a polícia, a vítima já tido a casa e o carro incendiado pela acusada.

Segundo as investigações, Myriam se mudou para Barbacena após o fato, onde continuou atuando como clínica geral até o final de 2013. A transferência para Pirassununga, no interior de São Paulo, ocorreu depois que a condenação de seis anos de reclusão por lesão corporal gravíssima transitou em julgado. Antes disso, ela conseguiu se manter em liberdade através de recursos judiciais.

A mulher será transferida para Belo Horizonte ainda na noite desta terça-feira. O delegado Rômulo Guimarães Dias, responsável pelo cumprimento de mandado de prisão, deve passar mais informações sobre o caso. Em seguida, Myriam será encaminhada para a Penitenciária Feminina Estêvão Pinto. Nos próximos dias ela deve ser transferida para Juiz de Fora, onde o crime aconteceu.
Tags: