Motorista morre carbonizado em grave acidente na BR-262 em Bela Vista de Minas

O condutor do Celta fez uma ultrapassagem e bateu de frente com um Cross Fox que seguia na direção contrária. O Celta pegou fogo, sendo que policiais conseguiram saltava apenas as passageiras, a esposa e a filha do motorista

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

O motorista de um Celta morreu carbonizado no fim da noite de domingo depois de se envolver em um grave acidente na BR-262 em Bela Vista de Minas, na Região Central de Minas Gerais. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o condutor tentou fazer uma ultrapassagem a um caminhão baú, mas bateu de frente com um Cross Fox que seguia no sentido contrário. O Celta, onde estava uma família, pegou fogo logo depois da colisão.

O acidente aconteceu por volta de 21h, em um trecho de curva na altura do km 192 da rodovia. O motorista Celta seguia no sentido João Monlevade/Rio Casca quando entrou na contramão para ultrapassar o veículo de carga e foi surpreendido pelo outro carro. No momento do incêndio, motoristas que passavam pela BR e agentes da PRF tentaram debelar as chamas com extintores, mas o fogo ficou incontrolável.

A esposa e a filha, de cerca de 2 anos, foram retiradas pelos policiais rodoviários, pois estavam no banco de trás. Mesmo com toda mobilização na estrada, os voluntários não conseguiram salvar o condutor que ficou preso às ferragens e morreu queimado. Quando os bombeiros chegaram, não havia mais tempo para o salvamento e fizeram apenas os trabalhos para apagar o fogo.

A mulher do condutor não sofreu ferimentos, mas foi encaminhada ao Hospital Margarida, em João Monlevade, por causa do trauma de ver o marido preso dentro do carro em chamas. Ela continua internada sob efeitos de sedativos. A criança também foi amparada e levada para a mesma unidade de saúde, onde ficou constatado um trauma pulmonar. Ela foi transferida durante a madrugada desta segunda-feira para o Hospital João XXIII, em Belo Horizonte. O motorista do Cross Fox foi socorrido pelo Serviço de Resgate Voluntário (Servor) em estado grave.

A rodovia ficou fechada por mais de duas horas na BR, tempo para apagar o fogo e retirar os restos do Celta da pista. De acordo com a PRF, o Cross Fox também ficou bastante danificado. O motorista do caminhão, inicialmente, fugiu do local da batida por causa do trauma em ver o motorista preso no carro incendiado. Os policiais conseguiram encontrá-lo e ele foi liberado porque o caminhão não se envolveu na batida.

Eles Não Respeitam
Tags: