Metroviários de Belo Horizonte entram em estado de greve

Mobilização pelo reajuste salarial e outros benefícios acontece a nível nacional. Reunião na última quinta-feira terminou sem acordo.

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

postado em 27/05/2013 13:07 / atualizado em 27/05/2013 13:23

Cristiane Silva

Gabriella Pacheco/Esp/EM/DA Press


Os metroviários de Belo Horizonte estão em estado de greve. A decisão foi tomada na última quinta-feira após uma reunião de representantes da categoria com a Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU), quando as negociações terminaram sem acordo.

Segundo o Sindicato dos Empregados em Empresas de Transportes Metroviários e Conexos de Minas Gerais (Sindmetro-MG), os trabalhadores querem reajuste salarial de 6,49%, além de reajuste do Vale Refeição e plano de saúde. Na última reunião, a empresa ofereceu reajuste de 2,02% que pode chegar a 4,7%, caso consiga redução das horas extras e aplicação do Plano de Demissão Voluntária (PDV) para os aposentados.

A próxima rodada de negociações, a nível nacional, acontece entre os dias 11 e 14 de junho na cidade de Recife, em Pernambuco. Na terça-feira, os trabalhadores do Rio de Janeiro, Maceió (AL), Natal (RN), João Pessoa (PB) e também de Recife farão assembleias para decidir se decretam ou não o estado de greve, que é o período que antecede a greve. Ainda não há previsão para uma paralisação na capital mineira.
Tags: