SIGA O EM

Criança de 9 anos procura a Guarda Municipal para denunciar os pais por agressão em BH

O garoto pediu ajuda para guardas municipais que pararam uma viatura no semáforo na Rua Inconfidentes,Bairro Funcionários. Pais foram encontrados e presos

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 14/04/2013 17:05 / atualizado em 14/04/2013 18:08

João Henrique do Vale

Cansado de ser vítima de constantes agressões, um menino de 9 anos procurou a Guarda Municipal na tarde deste domingo para denunciar os pais. O garoto avistou uma viatura da corporação parada em um sinal na Rua Inconfidentes, no Bairro Funcionários, Região Centro-Sul de Belo Horizonte, e pediu ajuda aos guardas. Os responsáveis por ele, que são separados, acabaram presos.

O garoto esperou o momento em que os pais não estavam vendo para relatar o sofrimento vivido por ele. “O menor se aproximou da gente e contou que mora em uma casa no Bairro Boa Vista, porém os pais dele o obrigaram, há mais de 10 dias, a morar na rua para pedir dinheiro para eles comprarem drogas. O detalhe é que os pais são separados, mas estavam em comum acordo”, conta o inspetor da Guarda Municipal, Mário Martins.

Além de ter que ir para a rua, o menino também alegou que é espancado pelos pais. “O pai dele estaria o ameaçando se contasse o fato para alguém”, diz o inspetor. Os guardas fizeram um rastreamento na região e encontraram com o casal ainda  na Rua Inconfidentes.

Mãe e pai negaram as acusações do menino. Segundo eles, a criança é paciente psiquiátrico e estaria inventando o caso. Porém, não convenceram a polícia. “O garoto disse que faz o tratamento pois foi estuprado por duas vezes”, afirma Martins.

O menino foi encaminhado para o Conselho Tutelar e deve ser levado para um abrigo. Os pais dele foram encaminhados para a delegacia onde serão ouvidos pelo delegado.
Tags: