17°/ 30°
Belo Horizonte,
31/OUT/2014
  • (8) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Defesa Social divulga nova lista dos mais procurados de Minas Gerais Criminosos do interior de Minas também constam na nova lista do Procura-se. Dos 18 alvos divulgados desde outubro do ano passado, 13 já foram presos.

Cristiane Silva

Publicação: 10/08/2012 12:16 Atualização: 10/08/2012 12:36

A Secretaria de Estado de Defesa Social divulgou nesta sexta-feira uma nova lista dos criminosos foragidos da Justiça mais procurados de Minas Gerais. O programa Procura-se foi lançado em 2011 e consiste na divulgação de fotos e outras informações sobre os alvos através de cartazes, sites, redes sociais e a imprensa. O objetivo é aumentar as denúncias feitas pela população de forma anônima através do telefone 181.

Veja as fotos dos criminosos


De acordo com a Seds, a nova lista é a primeira com criminosos do interior do estado. Além de Belo Horizonte e da região metropolitana, foram escolhidos alvos das Regiões Integradas de Segurança Pública (Risps) de Juiz de Fora, na Zona da Mata, Montes Claros, no Norte de Minas, Governador Valadares, Região do Vale do Rio Doce, Ipatinga, no Vale do Aço, e Uberlândia, Triângulo Mineiro. Os cartazes serão espalhados por todo o estado em locais com grande circulação de pessoas. Além de incentivar as denúncias, a Defesa Social - que atua no projeto em parceria com as polícias Civil e Militar, e o Instituto Minas Pela Paz -, é tirar os criminosos de circulação com a exposição das imagens, evitando a prática de novos crimes.

Dos 18 alvos divulgados pelo programa até o momento, 13 já foram presos. A lista completa se encontra o portal do programa. Um dos criminosos que permanece na lista é o traficante Roni Peixoto de Souza, de 41 anos, também conhecido como Gordo, Gordão ou Roni. Ele é apontado com o braço-direito de Fernandinho Beira-Mar em Minas. Ele é procurado por homicídio, posse e porte ilegal de arma de fogo, formação de quadrilha e tráfico de drogas. Roni é tido como líder do Comando Vermelho, facção criminosa do Rio de Janeiro com ramificações em Minas Gerais, de acordo com a Seds.

Na sua primeira fase, em outubro do ano passado, o Procura-se começou pela 1ª Região Integrada de Segurança Pública (1ª RISP) e, em dezembro se estendeu para a Região Metropolitana de Belo Horizonte, abrangendo também a 2ª e a 3ª RISPs.

Esta matéria tem: (8) comentários

Autor: João Renato Melo
MINASÉ TERRA DA MÁFIA....POLICIA É O PIOR BANDIDO...E O MPE SE CALA!! MEDO????? INCOPETENCIA!!!! | Denuncie |

Autor: william cotta
Quer sinceramente elogiar os governadores de Sao paulo e do estado do Rio de Janeiro, sao preocupados com a segurança publica,as policias dos estados mencionados trabalham com verdadeira vocaçao,Principalmente a POLICIA CIVIL.Tem apoio dos GOVERNADORES.PARABENS.MG é ao contrario nao tem PREOCUPAÇAO | Denuncie |

Autor: william cotta
O concelho superior da policia civil,deveria com a autoridade quem,levar ao conhecimento do sr. GOVERNADOR apobreja da policia civil,as disputas de CARGOS sao mais importantes,e uma inresponsabilidade ,dos senhores do conselho,os senhores deveriam desalienar dos POLITICOS,Leia jornais Sr. GOVERNADOR, | Denuncie |

Autor: william cotta
A sociedade tem que ter conhecimentode que a policia civil,nada pode para proterger a populaçao, aquantidade de inquerito empilhado nas delegacias sao nilhares,de bandidos deversos e perigosos.E o sr. governador nada faz.a POLICIA CIVIL esta MORENDO.Graças ao sr. governador,A soc. tem que combrar, | Denuncie |

Autor: william cotta
Sr. secretario,com esta lista toda de procurados e, com milhares de policiais militares a sua disposiçao,va a frente chefiando e tenta prende-los.quanto a policia civil continua em tratamento no hospital da PC. que tambem igualmente ,esta agonizando.Qual o tratamento? | Denuncie |

Autor: Brasil Calcados Industria E Comercio Ltd
Os que estão roubando dinheiro público estão na lista? | Denuncie |

Autor: Teo Fernandes
Completando: Nem os nomes foram publicados aqui. | Denuncie |

Autor: Teo Fernandes
Deveria obrigar às TVs e jornais a publicarem, pelo menos 1 vez por dia, as fotos de pessoas procuradas pela justiça. Se as obrigam ao horário eleitoral que não vale nada, porquê então não publicar essas fotos, pelo menos, por 5 segundos diários mesmo pagos. | Denuncie |

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Envie sua história efaça parte da rede de conteúdo do grupo Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.