17°/ 34°
Belo Horizonte,
16/SET/2014
  • (36) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Rodoviários fazem greve e deixam parte da população de BH sem ônibus Apenas em BH, 1,6 milhão de passageiros podem ser prejudicados ao longo do dia com a parada de mais de 3 mil coletivos

Elaine Pereira -

Luana Cruz -

Valquiria Lopes -

Publicação: 12/03/2012 06:45 Atualização: 12/03/2012 12:04

Passageiros esperam pelos ônibus na Estação Venda Nova (Paulo Filgueiras/EM/D.A Press)
Passageiros esperam pelos ônibus na Estação Venda Nova

Cumprindo a ameaça de greve, rodoviários cruzaram os braços nesta segunda-feira e deixaram sem ônibus parte da população de Belo Horizonte e região metropolitana. Os veículos estão circulando em escala mínima com apenas 30% da frota, conforme adiantou o Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários de Belo Horizonte (STTRBH). Muitos passageiros desavisados lotaram os pontos de ônibus por toda a capital. Outros, se preveniram e não apareceram nas estações BHBUS.

Vejas as fotos da greve

Na Estação de metrô Vilarinho, em Venda Nova, muitas pessoas ficaram esperando dentro do terminal, mas poucos veículos circularam para fazer a integração com os trens, o que gerou correria. Na Estação BHBUS Venda Nova, o funcionamento foi normal até 2h30. Mas, a partir daí, alguns ônibus começaram a parar. Às 4h, a paralisação foi total e 100% dos carros ficaram nas garagens. Por volta de 5h50, alguns motoristas e cobradores começaram a sair da estação que atende cerca de 13 mil passageiros por dia.

As linhas alimentadoras dessa estação estão chegando vazias dos bairros e por isso a estação não está lotada, como nos dias normais. A direção do terminal acredita que as pessoas já sabiam da greve e evitaram o local. Para se ter uma ideia, entre 4h e 6h30, a linha 61 (Estação Venda Nova /Centro) deveria ter feito 18 viagens, mas fez apenas duas. A linha 62 (Estação Venda Nova/Savassi) deveria circular 25 vezes, mas apenas três viagens foram realizadas. A linha 64 (Estação Venda Nova/Santo Agostinho) fez apenas duas viagens, das 23 previstas.

Nas estações Diamante e Barreiro, o cenário foi muito parecido. Não havia ônibus para atender o público. Porém, não existia demanda de passageiros. Poucas pessoas chegaram para usar os coletivos e a polícia está monitorando o movimento.

Estação BHBUS, no Barreiro, totalmente vazia no horário de pico  (Renato Weil /EM/D.A Press)
Estação BHBUS, no Barreiro, totalmente vazia no horário de pico


Motoristas e cobradores iniciaram a paralisação à 0h. Apenas em BH, 1,6 milhão de passageiros podem ser prejudicados ao longo do dia com a parada de mais de 3 mil coletivos. A categoria revindica reajuste salarial de 49%, 30 folhas de tíquete-alimentação de R$ 15, a instalação de banheiros femininos nos pontos finais, participação nos lucros e resultados (PLR) e uma jornada de trabalho de seis horas diárias. Os sindicatos das empresas de ônibus propõem reajustar em 13% o salário dos motoristas e trocadores - condicionado ao aumento de 20 minutos na jornada de trabalho diária - e de 9% para a manutenção e administração.

As empresas também oferecem um aumento de 6% no ticket-alimentação, R$ 150 na participação dos lucros (para quem ganha até R$ 1.000), e R$ 300 para quem recebe acima desse valor. Outra proposta aos motoristas e trocadores é o aumento de 6%, sem mudança na carga horária.

Em nota, a BHTrans informou que os ônibus não circularam nas Estações Diamante, Venda Nova e Barreiro na madrugada desta segunda-feira, por causa da movimentação parcial dos rodoviários. No momento, a Estação Venda Nova está operando parcialmente. As linhas alimentadoras da Estação São Gabriel funcionam normalmente. As demais linhas de ônibus da cidade operam parcialmente, com excesso de passageiros em alguns pontos de embarque da cidade.

A empresa avisou, na noite de domingo, que mesmo não tendo recebido comunicado formal sobre a anunciada greve dos rodoviários, está se preparando para minimizar os impactos da paralisação. A empresa se reuniu com representantes da Polícia Militar (PM) e Guarda Municipal para revisar o plano de contingência anunciado na sexta-feira. O planejamento preventivo engloba operações especiais de trânsito durante a greve.

Depredação


A Polícia Militar (PM) registrou pelo menos cinco ocorrências relacionadas à greve. Por volta de 1h50, um motorista de ônibus ligou para a PM denunciando que homens desconhecidos chegaram ao final da linha 4150 (Shopping Del Rey/BH Shopping) e apedrejaram um veículo. O final da linha fica no Caiçara, na Região Noroeste da capital. Nesse mesmo horário, um motorista foi impedido de seguir viagem no Bairro Palmares, Região Nordeste de Belo Horizonte, quando sindicalistas invadiram o veículo e roubaram a chave.

Também durante a madrugada, um motorista da linha 2290 (Nacional/BH) informou à polícia que o coletivo foi apedrejado e teve os vidros destruídos. Pela manhã, na Avenida José Cândido da Silveira, Bairro Ana Lúcia, na Região Nordeste de BH, houve tumulto entre sindicalistas e passageiros. Os manifestantes obrigaram usuários a descer dos ônibus. Também nesta manhã, em Santa Luzia, na região metropolita, o motorista de um Palio parou em frente a um ônibus e depredou o veículo. Ninguém foi preso nessas ocorrências policiais.

Esta matéria tem: (36) comentários

Autor: Helbert DF
Como o Bruno disse: "O problema está é na Lei, que permite greve.... Não sei porque o espanto, deveriam publicar o calendário de greve, assim a população se prepararia melhor" #COMEDIA e #FATO | Denuncie |

Autor: João Osni
Isso não é culpa dos rodoviarios que reivindicam seus direitos, é culpa de vc eleitor que continua votando nessas mesmas pessoas que estão no poder a tempos e não fazem nada para melhorar a cidade, que não tem uma politica séria de mobilidade urbana, parabéns eleitor, continue votando nos mesmos. | Denuncie |

Autor: joão carlos
Motoristas de ônibus em BH deveria fazer igual os da Argentina: para se manifestar, eles trabalharam normalmente e não cobraram passagens de ninguém! | Denuncie |

Autor: Graziele Oliveira Andrade
Acorda cambada! Vocês estão caindo na conversa do Sindicato. Enquanto estão todos fazendo a greve, o caixa 2,3,4 está acontecendo, ou acham que Sindicato não ganha e muito com a paralisação? De onde tiram tanto dinheiro para deixar que uma greve continue mesmo diante de multas milionárias e diarias? | Denuncie |

Autor: Graziele Oliveira Andrade
A greve é um direito, mas da forma que estão agindo, torço para que não consigam nada. Se não estão preocupados em atender, pelo menos, quem mais necessita, porque, então, torcer para que eles consigam aumentos um tanto quanto absurdos? | Denuncie |

Autor: Graziele Oliveira Andrade
Concordo com todos vocês. É um completo absurdo a forma como a classe trabalhista em questão está levando a greve. Egoísmo e egocentrismo. A população necessita do serviço, seja para trabalho, estudo, até mesmo para os doentes que não possuem condições de fretar um taxi. | Denuncie |

Autor: Hugo DF
só acho que o Brasil está se tornando um bomba relógio, quando o POVO acordar o negocio vai ficar veio! | Denuncie |

Autor: Alex Mineiro
E a merda da BHTRANS, que só pensa mesmo em multar, devia pelo menos ter liberado os corredores exclusivos para onibus da Antonio Carlos e Crist.Machado para os carros já que não tinha praticamente nenhum coletivo passando por eles. Mas não...eles não ganham pra pensar.... | Denuncie |

Autor: leonardo fernandes
O CIDADAO TEM QUE SE PERGUNTAR SE ELE PODE FICAR REFEM DESSES EMPRESARIOS DE ONIBUS E DA PBH. EU QUERO SABER QUANDO VAI TER LICITAÇÃO PARA EXPLORAÇÃO DO TRANSPORTE PUBLICO DE PASSAGEIROS, TEM ANOS QUE SAO SEMPRE OS MESMOS MAMANDO AS CUSTAS DO ESTADO. TEM QUE ABRIR ESSA CAIXA PRETA EM BH. | Denuncie |

Autor: Sir Galahad
A população está careca de saber que esta greve é combinada entre patrões e empregados, cada um com seu interesse, mas que em nada vem de encontro aos interesses da população. | Denuncie |

Autor: Rodolfo Melo
Gente... a sociedade e a economia local não pode pagar o preço de uma reinvidicação qualquer que seja. Quer melhores salários? Rodem normalmente e não cobrem as passagens. Afinal quem tem que responder são os patrões e não a sociedade. Garanto que em menos de 6 horas eles resolvem! | Denuncie |

Autor: henrique rabello
Sou a favor dos trabalhadores lutarem pelos seus direitos. Mas pela discrepância entre as reivindicações de trabalhadores e patrões, BH vai sofrer por um tempo bom... | Denuncie |

Autor: dalcio araujo
Desde que criaram o vale transporte o preço do transporte público disparou, o povo não sente no bolso o custo. Se não existisse o povo não estaria comemorando um dia de inatividade e sim protestando contra o aumento. Os empresários já castigados pelos impostos é que sempre são penalizados com isto. | Denuncie |

Autor: dalcio araujo
Está greve e contra o povo, porque patrões e motoristas sabem que, mesmo que o reajuste seja exorbitante vai passar para a passagem, que é paga pelos patrões. Um circo no qual os palhaços somos todos nós. | Denuncie |

Autor: Marcio Correa Filho
Grande Dazio... Não seja inocente meu amigo... É tudo combinado... Ou vc acha que o aumento de tariva que vem logo em seguida é coicidência??? Toda greve é seguida de aumento! | Denuncie |

Autor: Rodrigo Carvalho
Os referidos 30% só devem ter ocorrido a partir de 7 h 30 min., antes disso, quase 0%. | Denuncie |

Autor: Marcio Correa Filho
Por isso que eu digo que sindicato, máfia e traficante é tudo a mesma coisa! | Denuncie |

Autor: Marcelo Ferraz Trindade
BOM DIA...VALE REFLETIR SOBRE ESTE ESTADOS DE GREVE NO BRASIL (CÓPIA DOS SINDICADOS DOS EUA..BOQUINHA PARA SINDICALISTAS, EMPREGOS GARANTIDOS, O EXEMPLO É DO NOSSO EX-LULA...POIS BEM, LIBEREM AS ROLETAS, NÃO COBREM DA POPULAÇÃO. 1.600.000 AÍ SIM.. POP. SEM TRANSPORTE É FALTA DE CARIDADE E OS DOENTES | Denuncie |

Autor: Bruno ..
O problema está é na Lei, que permite greve.... Não sei porque o espanto, deveriam publicar o calendário de greve, assim a população se prepararia melhor, acho que a próxima é dos correios ou dos prosfessores... vão se propragamando aí... Se está insatisfeito, se qualifique e arrume emprego melhor!!! | Denuncie |

Autor: Renato Rêgo
30% do efetivo? Onde? So de for nas garagens pois aqui no Buritis não passa nenhum. Dependo de um único ónibus para ir a Savassi, o 9250 e o mesmo não existe em tempos de greve. | Denuncie |

Autor: helenno souza
Concordo em parte com o Chaves ai, mas o seguro não cobre o que foi quebrado onibus só tem seguro contra terceiro, os empresarios realmente não perdem mas quando medico,policiais,professores entram em greve os ministros tambem não perdem nada e a população fica quietinha. | Denuncie |

Autor: Victor Nunes Chaves
Pq ao invés de fazer greve, os sindicalistas não orientam os motoristas e cobradores a deixar a roleta liberada? Assim, os proprietários de empresa sentirão no bolso e poderão, quem sabe, passar para negociação. Greve só impacta os usuários e com isso, ninguém apóia o movimento. | Denuncie |

Autor: Eduardo Rocha
49% de reajuste, é brincadeira. Greve é um direito de todas categorias, mas sejamos realistas 49% é para tumultuar a vida da população | Denuncie |

Autor: Luiz Felipe Souza Quintao
Como isso será possível? O transporte público em BH é um dos mais caros do mundo, e há 3 meses houve um aumento de quase 13% nas passagens (de 2,35 antes do reveillon para 2,65). Como é possível os rodoviários ganharem mal? Apesar de me prejudicar, apoio a greve. Cade a distribuição de renda? | Denuncie |

Autor: Anderson Barreto
Parar os ônibus e deixar a população prejudicada faz com que as pessoas fiquem contra os grevistas. continuar rodando com catracas liberadas talvez seja a solução. | Denuncie |

Autor: dazio chaves
será que estes sindicalistas sabem que os empresarios não perdem nada com a greve, os onibus depredados tem seguro, mas a população se irrita muito pois são os unicos prejudicados? e que esta ameaça de multa por não cumprir determinação, não mete medo em ninguém, pois nunca foram pagas? | Denuncie |

Autor: Reinaldo Gomes
Apedrejar ônibus não é manifestação, é CRIME. | Denuncie |

Autor: joao paulo
Com eles é assim, ou fazem o que eles exigem ou quebram tudo ... E tem gente que apoia esses marginais travestidos de trabalhadores.. imagina se todo mundo começar a quebrar a empresa que trabalha poruqe nao tem o salario que quer ter??? | Denuncie |

Autor: Laiton Cardoso da Silva
(fim)a dizia um sábio pensador: "se voce quer dominar um povo, não deixe-o ser instruído". Agora me pergunto, cade a cota minima de serviço que esta previsto na legislação em casos de greve? pois até agora não um onibus passar em minha regiao, e olha que moro proximo a divisa de betim e contagem.. | Denuncie |

Autor: Laiton Cardoso da Silva
(5)Não entendo porque entre as reivindicações, eles não propuseram melhoria nas condições de trabalho, veiculos novos, e ainda o fim da sacagem que é de em algumas linhas não haver trocador, deixando essa função ao motorista (mas estas coisas os burros não sabem reclamar). ... | Denuncie |

Autor: Laiton Cardoso da Silva
(4)aumento do tíquete refeição - com um talao de 30 tíquetes, sendo que o cara só trabalha no máximo 26 dias por mes, e ainda redução da jornada de trabalho para 6:00 diárias, por ventura, eles não querem reivindicar ainda uma secretaria no onibus para servi-lhes cafezinhos durante a viagem?... | Denuncie |

Autor: Telvio Tavares
Sei não....isto me cheirando acordo entre patrões e empregados. E mais, isto é democracia?..onde uma minoria prejudica uma maioria?..Isto é ter liberdade de ir e vir?... | Denuncie |

Autor: Laiton Cardoso da Silva
O que está sendo reivindicado pela categoria é quase incompatível com o que prevê a legislação trabalhista, entre outras coisas, um aumento de quase 50% no salário (sendo que os maiores aumentos em outra areas vao no maximo a 30%), aumento do tíquete refeição ... | Denuncie |

Autor: Laiton Cardoso da Silva
(2)É um vergonha esta greve promovida exclusivamente por influencias de sindicalistas corruptos e mal intencionados que aproveitam do baixo grau de instrução dos profissionais da área de transporte para fazer deles fantoches à suas vontades... | Denuncie |

Autor: Laiton Cardoso da Silva
(1)Eu tenho sorte de trabalhar a poucos metros de casa, e ainda disponho de veículo próprio para me locomover. Mas fico pensando no montante de nossa população que não teve esta sorte assim e que depende de onibus para sair de casa.... | Denuncie |

Autor: Lucio Nome
Querem ganhar mais? mudem de emprego ou voltem para o banco da escola, isto é, se lá estiveram. Esse é o bom legado do PT. | Denuncie |

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Envie sua história efaça parte da rede de conteúdo do grupo Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.