SIGA O EM

#EssaÁguaNãoéSóSua

Campanha do EM contra o desperdício de água tem forte adesão

Leitores e internautas enviaram muitas denúncias de consumo abusivo. Saiba como denunciar

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 26/01/2015 06:00 / atualizado em 26/01/2015 07:53

Carolina Cotta

WhatsApp/Reprodução

O primeiro dia da campanha #EssaÁguaNãoéSóSua, lançada ontem pelo Estado de Minas para ajudar no combate ao desperdício de água, mostrou cidadãos preocupados em reverter o problema da escassez do recurso natural e em denunciar os abusos. O jornal e o em.com.br convocaram leitores e internautas a enviar, por meio de mensagens do WhatsApp, fotos, vídeos e relatos de denúncia de abusos no consumo de água. Dezenas de pessoas participaram da campanha colaborativa e enviaram sua contribuição. Nas redes sociais, a iniciativa foi muito comentada e compartilhada. Somente em um dos posts no Facebook, foram mais de 200 compartilhamentos. Em outro, foram 264 compartilhamentos até o início da noite de ontem.

Em uma das denúncias, um leitor mostrou o flagrante de um morador da Rua Alberto Bressane, no Bairro São Lucas, usando a água de uma mangueira para “varrer” a frente de casa. Um detalhe: o fato ocorreu logo depois da chuva de ontem à tarde na capital mineira. De acordo com a mensagem, o morador flagrado desperdiçando água costuma lavar a área externa da casa e a rua pelo menos três vezes por semana. “Ele fica, em média, duas horas com a mangueira ligada. Lava seu carro e também o da namorada”, contou o leitor.


Outras denúncias mostram a falta de consciência de algumas pessoas que foram cobradas pela população por estarem desperdiçando água. Em Timóteo, no Vale do Aço, um homem que lavava o carro com a mangueira aberta, ao ser abordado pelo vizinho, respondeu: “Quem paga a conta sou eu”. Há ainda fotos e vídeos que denunciam o mau uso da água em espaços públicos, caso de um funcionário que usava uma mangueira potente para lavar a calçada em frente à Estação Lagoinha, da CBTU. Os leitores mostraram ainda vazamentos locais onde a Copasa já teria sido chamada mais de três vezes, caso da Rua Tibagu, no Bairro São Francisco, em Santa Luzia.

WhatsApp/Reprodução


COMENTÁRIOS Entre os comentários nas redes sociais, internautas, além de alertar amigos e parentes sobre a campanha, fizeram apelos para que as pessoas passem a evitar o desperdício. Também foram sugeridas reportagens sobre a importância de preservação das matas ciliares e das nascentes como formas de evitar a diminuição do nível de água em rios e reservatórios. O EM seguirá publicando as denúncias no portal em.com.br as imagens do desperdício.

WhatsApp: envie fotos, vídeos e relatos de desperdício para (31) 8502-4023
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600
 
Thiago
Thiago - 31 de Janeiro às 02:22
Isso e babaquice,quem vai vigiar o quanto você gasta no chuveiro,30 de chuveiro ligado vale mais que lavar um carro.O mundo ta cheio de gente querendo dar ideias superciais para problemas complexos. Copasa e uma companhia corrupta sem planejamento só que encher o bolso dos ricões que moram em seus luxuosos prédios no Alphaville,Ta cheio de bandido nesse país,essa modinha de falta de água e conversa fiada para tirar o foco das roubalheiras desses políticos e transferir pra população ...Acorda a solução do problema começa na Amazônia que está devastada...Parem de ser alienados por essa mídia..
 
Pedro
Pedro - 27 de Janeiro às 16:09
Pessoal, não sejam ingênuos. Enquanto não houver investimento de verdade neste setor, vamos continuar nos agredindo por lavar carro na porta de casa. Tem de exigir é do Vereador, do Prefeito, do Governador, do Deputado, da Presidente da República políticas de prevenção à falta e ao racionamento de água. Fechar a sua torneira é uma atitude de formiguinha que não vai modificar o panorama geral. A imprensa mostra isso como se fosse a solução mas não é. A escala do problema é muito maior do que todos nós podemos influenciar, mesmo com a melhor das intenções.
 
Tallys
Tallys - 26 de Janeiro às 10:41
Temos que ter consciencia e fazer nossa parte sim, economizar. Mas precisamos cobrar de nossos governantes tambem. Estao nos empurrando aumento de tarifas, impostos, isso e aquilo, mas como temos que economizar o governo federal principalmente tinha que dar exemplo e fazer a parte dele. Qual o corte foi anunciado pela presidenta para diminuir os gastos publicos ? Nenhum, mais facil empurrar a conta para os otarios pagarem. A culpa e CONTA é sempre do povo. Precisamos fazer algo, como fizemos na vespera da copa. Senao os governantes vao achar que esta tudo bem e que estamos aceitando tudo.
 
Daniel
Daniel - 26 de Janeiro às 09:32
Muita gente tem consciência de que a água é um recurso coletivo. Para todos os outros, MULTA! Essas pessoas precisam ser multadas para saber usar!
 
josé
josé - 26 de Janeiro às 09:06
Sim...Todos devem aderir e denunciar.Mas,nada acontece com corruptos,ladrões,assassinos nessa terra tupiniquim.Não existe lei e ,consequentemente,ordem e respeito.O exemplo teria,que vir de "cima"!Falta projeto,planejamento e educação.Olhem o quê o atual mandatário de MG(bolivariano maoísta) está fazendo com a educação e outras medidas contrárias ao projeto anterior.Fala-se de consulta pública de forma demagógica,mas não consulta,para mudar o que começou.Como se fossem deuses e donos da verdade.Que olhando,para o país sabemos,que não são...Olhem,para Arábia Saudita,Alemanha e outros...
 
Flávio
Flávio - 26 de Janeiro às 14:16
Meu amigo, você não entende nada de educação. O novo mandatário está refazendo uma política absurda que o anterior criou para ganhar a popularidade e voto. Pesquise um pouco para não escrever bobagem.
 
Rafael
Rafael - 26 de Janeiro às 08:56
E só damos valor no momento que falta. Já há 3 sábados que falta água no condomínio onde moro em Contagem. é desesperador você abrir a torneira e não sair nem uma gota. Mas o que mais indigna a gente é que o Governo tanto federal quanto estadual ficaram escondendo as informações para não se prejudicar nas eleições. Agora que o estado está crítico fica difícil tomar uma ação.
 
Flávio
Flávio - 26 de Janeiro às 14:18
Graças a Deus esse novo governo estadual é transparente. Aquele anterior sim, escondeu tudo e perdeu eleição.
 
cesar
cesar - 26 de Janeiro às 08:18
Essa crise é advinda da falta de planejamento,como foi a crise energética,a crise da saúde,educação e tantas outras que ainda iremos viver ao longo desse ano,querem culpar o povo,como sempre fazem,mas devemos cobrar é dos governantes,o povo já vive com o cinto apertado e ainda querem que nós economizemos mais ainda,e depois nos premiam com o aumento dos preços e multas ! A CULPA É DOS GOVERNANTES é deles que devemos cobrar,certamente devem estar se deliciando em casas com piscinas e ar condicionado tudo isso bancado pelos nossos impostos !
 
cesar
cesar - 26 de Janeiro às 18:23
Flávio,estou falando dos governantes em geral,independente de partido ou gestão, a verdade é que pagamos impostos e essas crises se repetem ano apos ano , nesse ano ainda teremos muitas crises no transporte,na educação ,saúde e etc, e como sempre é o povo quem ira pagar,mas isso tem que ser diferente devemos cobrar dos governantes, são eles quem administram mau os impostos isso quando não os roubam!
 
Flávio
Flávio - 26 de Janeiro às 14:20
Do governante anterior, que está em Brasília, Rio e São Paulo, nosso pior senador brasileiro. É desse que você está falando?
 
Flávio
Flávio - 26 de Janeiro às 07:59
É um absurdo!!! Nesse momento que todos deveriam se unir, alguns não estão nem aí. Coitado de nós!