SIGA O EM

TJMG nega novo pedido de liberdade a goleiro Bruno

O advogado do preso, Lúcio Adolfo da Silva, alegou que manter Bruno detido enquanto a sentença de condenação transita em julgado é uma ação que descredita o Estado. Bruno está condenado a 22 anos e 3 meses de prisão pela morte de Eliza Samudio

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
Erro ao renderizar o portlet: EM - Corpo Meio - Interna Noticia

Erro: 
Tags: