SIGA O EM

Justiça julga novo pedido de liberdade para Bruno nesta quarta-feira

Entre os principais argumentos da defesa está o interesse do Boa Esporte Clube, de Varginha, em contratar o goleiro

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
[]

postado em 27/02/2013 09:35 / atualizado em 27/02/2013 09:38

Cristiane Silva

Desembargadores do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) vão apreciar nesta quarta-feira um novo pedido de habeas corpus para o goleiro Bruno Fernandes. O pedido de liberdade será julgado a partir das 13h30 na 4ª Câmara Cível do TJMG.

Um dos principais argumentos do documento protocolado pela defesa de Bruno é o interesse do Boa Esporte Clube, time de Varginha, no Sul de Minas, em contratar o atleta para para integrar a equipe, que disputa o Módulo I do Campeonato Mineiro.

O advogado Lúcio Adolfo informou que um pré-contrato foi protocolado na segunda-feira e pode ajudar na decisão sobre a possibilidade de o atleta aguardar o fim do processo em prisão domiciliar.

O julgamento de Bruno e da ex-mulher Dayanne Rodrigues está marcado para a próxima segunda-feira no Fórum de Contagem, na Grande BH.
Tags:
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600
 
sandra
sandra - 27 de Ferveiro às 15:23
A VERDADE QUE A ÚNICA PESSOA QUE FICARÁ PRESA NESSA HISTÓRIA É A ELIZA.
 
Caroline
Caroline - 27 de Ferveiro às 15:13
Rsss.... Alguma coisa me diz, que o Bruno ainda vai sair como inocente... aiai... viu.
 
Lázaro
Lázaro - 27 de Ferveiro às 14:04
MAIS UMA PRA BOI DORMIR.
 
couto
couto - 27 de Ferveiro às 11:48
Era só o que faltava. Na véspera do julgamento a justiça soltar. A gente percebe que esses advogados só querem tumultuar. Tá mais que provado que esses grupo ceifou a vida dessa menina. 30 anos para cada um é pouco, bando de covardes e mentirosos com advogados podres.