SIGA O EM

População se divide quanto ao mistério do desaparecimento de Eliza Samudio

Muitos defendem a inocência do goleiro Bruno, mas ficam em dúvida quando o assunto é o paradeiro da ex-modelo

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
[{'id_foto': 481268, 'arquivo_grande': '', 'credito': 'Arquivo Pessoal', 'link': '', 'legenda': 'Raynara Rodrigues se diz f\xe3 incondicional do goleiro Bruno', 'arquivo': 'ns62/app/noticia_127983242361/2012/11/19/330714/20121119120112949145a.jpg', 'alinhamento': 'left', 'descricao': None}, {'id_foto': 481269, 'arquivo_grande': '', 'credito': 'reprodu\xe7\xe3o/Orkut', 'link': '', 'legenda': 'Muitos defendem a liberdade do ex-\xeddolo do Flamengo', 'arquivo': 'ns62/app/noticia_127983242361/2012/11/19/330714/20121119120155184625u.jpg', 'alinhamento': 'right', 'descricao': None}]

postado em 19/11/2012 11:54 / atualizado em 19/11/2012 12:03

Daniel Silveira

Arquivo Pessoal
Ela é de Teresina, capital do Piauí, e se diz flamenguista “roxa”. Em seu quarto mantém uma bandeira do time carioca sob o qual está bordado ‘Raynara e Bruno’. Nas redes sociais, não mede esforços para sair em defesa da inocência do ex-ídolo rubro-negro. Para Raynara Rodrigues, 18, não restam dúvidas de que o goleiro Bruno Fernandes foi alvo de uma armação e acredita que Eliza Samudio está viva, escondida em algum lugar do mundo. A opinião da jovem é compartilhada por muitos, mas refutada por outros tantos. Fato é que o sumiço da ex-modelo divide a opinião da sociedade, o que pode refletir no júri popular ao qual o ex-atleta e outros quatro réus serão submetidos nos próximos dias.

“Tenho contado os dias para esse julgamento. Estou certa que Bruno vai ser inocentado e voltar a jogar pelo Flamengo”, afirma sem titubear a jovem Raynara. Questionada sobre o paradeiro de Eliza, demonstra certa insegurança: “eu não acho que ela esteja morta”, diz. A piauiense participa de várias comunidades no Orkut e no Facebook nas quais declara sua paixão pelo goleiro e critica quem o incrimina.

Uma das inúmeras comunidades de fãs do goleiro Bruno no Orkut tem mais de 13,5 mil integrantes e se mantém ativa até hoje. Desde junho de 2010, o assunto mais comentado nestes espaços é relacionado diretamente às polêmicas que envolvem o desaparecimento e morte de Eliza Samudio, crimes pelos quais respondem Bruno, o amigo de infância Luiz Henrique Romão, o Macarrão, a ex-mulher do atleta, Dayanne Rodrigues, a ex-namorada dele Fernanda de Castro e o ex-policial civil Marcos Aparecido dos Santos, o Bola. Outros dois homens também são acusados de envolvimento no caso, mas enfrentarão júri separadamente.

reprodução/Orkut
Enquetes formuladas nestas redes sociais dimensionam o quanto o mistério em torno de Samudio divide opiniões, embora a maioria acredite que ele seja culpado pelos crimes aos quais responde. Uma das enquetes questiona “Você acha que Eliza Samudio provocou essa confusão e fugiu só para prejudicar o Bruno e sua carreira?”. Das 111 pessoas que responderam, 86% (95 votos) disseram “com certeza sim”, enquanto 14% (16 votos) responderam “lógico que não”.

Outra enquete pergunta “Bruno foi culpado?”. O resultado indicou que 67% (112 votos) acredita que o jogador é inocente, enquanto 33% (55 votos)aposta na culpa dele. Em outra enquete semelhante, com mais opções de resposta além de “sim ou não”, 46% dos que votaram (70 pessoas) afirmam que ele é inocente, 14% (21 pessoas) dizem que não é inocente, 30% (45 pessoas) dizem ter certeza da culpa do atleta e 10% (15 pessoas) diz ter dúvidas sobre o caso. Já quando a pergunta foi “Você acha que Bruno matou Eliza”, 64% (351 votos) responderam que sim, contra 36% (195 votos) disseram que não.

A reportagem do em.com.br foi às ruas ouvir a população sobre o polêmico caso. A maioria acredita que Bruno vai ser condenado neste júri popular. O que ficou evidente é que a maior dúvida das pessoas é quanto ao paradeiro de Eliza Samudio, mistério que poderá se manter para sempre, indiferente de qual seja o resultado do julgamento.


Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600
 
az
az - 19 de Novembro às 22:26
Justiça chegando a passos largos pra um canalha assassino de pessoas que mal podem se defender..
 
Luiz
Luiz - 19 de Novembro às 21:19
Não se pode condenar sem provas. Ponto final. A justiça Brasileira começa a trilhar caminhos perigosos, investigando, julgando e condenando e partindo de pressupostos.
 
Geraldo
Geraldo - 19 de Novembro às 19:21
Achar que a Elisa está viva é uma insanidade, o principal ojetivo da Elisa seria receber a pensão do Bruno, que por sinal seria um bom valor, agora ela desaparecer para prejudicar o Bruno é tolice, ela também seria prejudicada financeiramente.
 
José
José - 19 de Novembro às 17:54
Do jeito como está não precisa justiça no caso Bruno e demais. todos estão agindo pela emoção e esquecendo da razão.
 
andrea
andrea - 19 de Novembro às 17:09
Alfredo faça o Bolão. Meu voto é para inocentar o Bruno.
 
and
and - 19 de Novembro às 16:31
só quem quer ganhar um trocado que fica a favor dele...
 
valmir
valmir - 19 de Novembro às 15:00
as mulheres amam assassinos de mulheres...ô classe desunida sô
 
ALFREDO
ALFREDO - 19 de Novembro às 13:23
Vamos fazer um bolão?