SIGA O EM

População se divide quanto ao mistério do desaparecimento de Eliza Samudio

Muitos defendem a inocência do goleiro Bruno, mas ficam em dúvida quando o assunto é o paradeiro da ex-modelo

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 19/11/2012 11:54 / atualizado em 19/11/2012 12:03

Daniel Silveira

Arquivo Pessoal
Ela é de Teresina, capital do Piauí, e se diz flamenguista “roxa”. Em seu quarto mantém uma bandeira do time carioca sob o qual está bordado ‘Raynara e Bruno’. Nas redes sociais, não mede esforços para sair em defesa da inocência do ex-ídolo rubro-negro. Para Raynara Rodrigues, 18, não restam dúvidas de que o goleiro Bruno Fernandes foi alvo de uma armação e acredita que Eliza Samudio está viva, escondida em algum lugar do mundo. A opinião da jovem é compartilhada por muitos, mas refutada por outros tantos. Fato é que o sumiço da ex-modelo divide a opinião da sociedade, o que pode refletir no júri popular ao qual o ex-atleta e outros quatro réus serão submetidos nos próximos dias.

“Tenho contado os dias para esse julgamento. Estou certa que Bruno vai ser inocentado e voltar a jogar pelo Flamengo”, afirma sem titubear a jovem Raynara. Questionada sobre o paradeiro de Eliza, demonstra certa insegurança: “eu não acho que ela esteja morta”, diz. A piauiense participa de várias comunidades no Orkut e no Facebook nas quais declara sua paixão pelo goleiro e critica quem o incrimina.

Uma das inúmeras comunidades de fãs do goleiro Bruno no Orkut tem mais de 13,5 mil integrantes e se mantém ativa até hoje. Desde junho de 2010, o assunto mais comentado nestes espaços é relacionado diretamente às polêmicas que envolvem o desaparecimento e morte de Eliza Samudio, crimes pelos quais respondem Bruno, o amigo de infância Luiz Henrique Romão, o Macarrão, a ex-mulher do atleta, Dayanne Rodrigues, a ex-namorada dele Fernanda de Castro e o ex-policial civil Marcos Aparecido dos Santos, o Bola. Outros dois homens também são acusados de envolvimento no caso, mas enfrentarão júri separadamente.

reprodução/Orkut
Enquetes formuladas nestas redes sociais dimensionam o quanto o mistério em torno de Samudio divide opiniões, embora a maioria acredite que ele seja culpado pelos crimes aos quais responde. Uma das enquetes questiona “Você acha que Eliza Samudio provocou essa confusão e fugiu só para prejudicar o Bruno e sua carreira?”. Das 111 pessoas que responderam, 86% (95 votos) disseram “com certeza sim”, enquanto 14% (16 votos) responderam “lógico que não”.

Outra enquete pergunta “Bruno foi culpado?”. O resultado indicou que 67% (112 votos) acredita que o jogador é inocente, enquanto 33% (55 votos)aposta na culpa dele. Em outra enquete semelhante, com mais opções de resposta além de “sim ou não”, 46% dos que votaram (70 pessoas) afirmam que ele é inocente, 14% (21 pessoas) dizem que não é inocente, 30% (45 pessoas) dizem ter certeza da culpa do atleta e 10% (15 pessoas) diz ter dúvidas sobre o caso. Já quando a pergunta foi “Você acha que Bruno matou Eliza”, 64% (351 votos) responderam que sim, contra 36% (195 votos) disseram que não.

A reportagem do em.com.br foi às ruas ouvir a população sobre o polêmico caso. A maioria acredita que Bruno vai ser condenado neste júri popular. O que ficou evidente é que a maior dúvida das pessoas é quanto ao paradeiro de Eliza Samudio, mistério que poderá se manter para sempre, indiferente de qual seja o resultado do julgamento.