SIGA O EM

Polícia Federal procura eleitor que colou teclado de urna em Goiás

Ele teria passado cola para impedir o funcionamento normal da tecla 3. Suspeito já foi identificado e urna substituída

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 26/10/2014 16:20 / atualizado em 26/10/2014 17:42

Marcello Oliveira /Portal Vrum

TRE-GO/Divulgação

A Polícia Federal de Goiás procura um eleitor que teria passado cola de alta adesão no teclado de uma urna eletrônica em uma seção eleitoral no município de Formosa, a 240 quilômetros de Goiânia. Quem percebeu que havia algo de errado na urna e avisou aos mesários foi o eleitor que entrou na cabine de votação logo após o suspeito ter votado. Como a tecla 3 ficou presa, impedindo o uso normal do equipamento, a urna foi substituída por uma reserva.

Segundo o Tribunal Regional Eleitoral de Goiás (TRE-GO) informou por telefone ao Estado de Minas, o eleitor que colou a tecla da urna já foi identificado e está sendo procurado pela Polícia Federal por prática de crime eleitoral.

Presidente preso

Ainda em Goiás, o presidente de uma das seções na Pontifícia Universidade Católica de Goiás (PUC-GO), na capital do estado, foi preso esta manhã. Ele deveria estar no local por volta das 7h40, e só chegou às 11h para trabalhar. De acordo com o TRE, um juiz estava no local e mandou prender o presidente da sessão. Outro mesário o substituiu como presidente da seção e um eleitor que estava no local foi convocado para ocupar o posto de mesário.

Comentários O comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.