15°/ 30°
Belo Horizonte,
15/SET/2014
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Empresário morre após se jogar de carro durante assalto


Agência Estado

Publicação: 01/09/2014 11:01 Atualização: 01/09/2014 11:41

Guarulhos, 01 - Um empresário morreu depois de se jogar do carro durante um assalto na Rodovia Presidente Dutra, em Guarulhos, na Grande São Paulo. O caso aconteceu por volta das 20h25 do último sábado, 30. Confundido com policial pelos criminosos, que o ameaçaram de morte, Bruno Cavalcante Facchineli, de 31 anos, tentava fugir dos assaltantes.

O empresário estava na companhia da namorada, uma estudante de 21 anos, no momento do roubo. Aos policiais, ela contou que, quando acessaram a rodovia, no sentido São Paulo, no bairro Porto da Igreja, sentiram um impacto na traseira do veículo, um Lancer vermelho. Primeiro, a estudante desceu para avaliar se o carro havia sofrido algum dano. Logo depois, Facchineli também desceu.

Segundo a testemunha, nesse momento outro carro parou ao lado do casal. Três homens teriam saído do veículo, um deles armado, e anunciado o assalto. Os suspeitos, então, ordenaram que os dois entrassem no Lancer.

Um deles assumiu a direção, enquanto os outros vasculharam o carro do empresário. Nele, encontraram uma caixa com uma pistola calibre .40, o que levantou a suspeita dos assaltantes de que Facchineli era policial. De acordo com a Polícia Civil, a vítima era atirador profissional.

Após terem encontrado a arma, o empresário teria sido ameaçado de morte pelos suspeitos. Tentando escapar, Facchineli se jogou do carro em movimento. Pouco depois a estudante foi obrigada a desembarcar e os assaltantes fugiram com o carro, de acordo com o boletim de ocorrência.

A estudante pediu ajuda a um motorista que passava pela Rodovia Presidente Dutra e conseguiu que ele a deixasse em um posto policial. Os policiais encontram o empresário caído na faixa de rolamento da rodovia. Depois de acionar o resgate, Facchineli foi socorrido e levado ao Hospital Geral de Guarulhos, mas não resistiu e morreu.

Os policiais também encontraram o carro do empresário abandonado, ainda com uma carteira, um coldre, uma pasta e um celular que pertenciam a Facchineli.

O caso foi registrado como roubo no 2º Distrito Policial de Guarulhos (Vila Galvão). A Polícia também solicitou perícia no local e no veículo.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo do grupo Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.