17°/ 29°
Belo Horizonte,
25/OUT/2014
  • (1) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

PF desarticula maior quadrilha de desmatamento na Floresta Amazônica

Segundo as investigações, criminosos invadiam terras públicas e as revendiam para agropecuristas

Estado de Minas

Publicação: 27/08/2014 11:47 Atualização: 27/08/2014 11:56

A Polícia Federal deflagrou nesta quarta-feira (27/8) a Operação Castanheira para desarticular uma organização criminosa suspeita de grilagem de terras e crimes ambientais em Novo Progresso, no Pará. Os envolvidos nas ações criminosas são considerados os maiores desmatadores da Floresta Amazônica brasileira. O dano ambiental causado por eles, estimado em perícias, ultrapassa R$ 500 milhões.

Estão sendo cumpridos 40 mandados judiciais: 22 mandados de busca e apreensão; 11 mandados de prisão preventiva; 3 mandados de prisão temporária; e 4 mandados de condução coercitiva. Além de Novo Progresso, diligências estão sendo realizadas também em cidades de São Paulo, Paraná e Mato Grosso. A operação é resultado de uma investigação conjunta da PF, do IBAMA, da Receita Federal e do Ministério Público Federal.

Segundo as investigações, a quadrilha invadia terras públicas e fazia desmatamentos e queimadas para formação de pastos. Sem seguida, a área degradada era loteada e revendida a produtores e agropecuaristas.

Os envolvidos deverão ser indiciados pelos crimes de invasão de terras públicas, de furto, de crimes ambientais, de falsificação de documentos, de formação de quadrilha, de sonegação fiscal e de lavagem de dinheiro. Somadas, as penas podem ultrapassar os 50 anos de reclusão aos condenados.

Esta matéria tem: (1) comentários

Autor: Jussara Julia
Depois os desinformados cheios de preconceitos e de barriga cheia dizem que estão expulsando os pobres pecuaristas para demarcarem terras indígenas. Quem invadiu o quê? O país, antes da colonização era de quem? Precisamos de mais evidências? | Denuncie |

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo do grupo Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.