Polícia prende no ABC Paulista um dos líderes do PCC

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

postado em 22/08/2014 11:31 / atualizado em 22/08/2014 13:31

Agência Estado

A Polícia Civil de São Paulo prendeu nesta sexta-feira, 22, em Santo André, no ABC Paulista, Márcio Vital do Santos, conhecido como Tucano, acusado de ser um dos líderes do Primeiro Comando da Capital (PCC). A prisão aconteceu em uma operação da Delegacia Seccional de São Bernardo do Campo.

De acordo com o delegado seccional de São Bernardo, Waldomiro Bueno Filho, a operação será finalizada às 15h.

Tucano é suspeito de ser uma "torre" do PCC, chefe regional da facção criminosa. Em 2009, policiais militares das Rondas Ostensivas Tobias de Aguiar (Rota) detiveram sua mulher, Patrícia Ferreira Rosa, na residência do casal, na Rua Guido Bonici, em Ermelino Matarazzo, na zona leste de São Paulo, onde funcionava um escritório do PCC.

No local, os agentes da Rota encontraram R$ 615 mil, dez celulares, notebooks, uma CPU, um relógio da marca Rolex e muita documentação, na qual estava marcada a movimentação financeira do PCC. Patrícia foi detida com Bianca Laureano, mulher de Claudécio Alves dos Santos, conhecido como Décio, outro líder do PCC.

Na época, a Rota era a unidade da polícia utilizada pela Secretaria de Segurança Pública nas ações contra a facção criminosa.
Tags:
Comentários O comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.