• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Populares emocionados visitam túmulo de Eduardo Campos um dia após o enterro


Filipe Barros - Diário de Pernambuco

Publicação: 18/08/2014 13:16 Atualização: 18/08/2014 13:44

O lance 1 do quarteirão 32 é o mesmo onde já estão sepultados o avô do ex-gestor, Miguel Arraes de Alencar, e um dos tios de Eduardo, Carlos Augusto Arraes (Filipe Barros/DP DA Press)
O lance 1 do quarteirão 32 é o mesmo onde já estão sepultados o avô do ex-gestor, Miguel Arraes de Alencar, e um dos tios de Eduardo, Carlos Augusto Arraes


Após um dia marcado pela comoção de milhares de pernambucanos diante da despedida do seu principal líder político, Eduardo Campos, muitos populares e militantes visitaram, nesta manhã, o túmulo do ex-governador, no cemitério de Santo Amaro, no bairro de mesmo nome. Durante a manhã, o movimento no local foi intenso com pessoas chegando a todo momento para prestar sua última homenagem e se solidarizar com a família do político.

O lance 1 do quarteirão 32 é o mesmo onde já estão sepultados o avô Miguel Arraes e um dos tios de Eduardo Carlos Augusto Arraes. O túmulo de Eduardo já está repleto de homenagens que contam com banners com foto dele ao lado de eleitores e o texto "Não vamos desistir do Brasil". A frase foi dita pelo presidenciável um dia antes dele sofrer o acidente aéreo em Santos, em São Paulo e deve se tornar um lema do PSB durante a campanha.

Além dos dois chapéus de palhas, que foram depositados ao lado do túmulo neste domingo (17), uma grande quantidade de flores, cartas escritas a mão e cartazes com palavras que demonstram saudade já tomam conta do local. O comerciante Nilson José de Andrade classificou Eduardo como "insubstituível" e diz não saber ainda em quem votar nas eleições deste ano.

"Eduardo nos deixou de uma forma muito estranha e inexplicável. Moradores dizem que viram o avião pegando fogo antes de cair, o diálogo dos pilotos no voo de Eduardo sumiu. Isso me lembra a morte de Ulisses Guimarães que até hoje não tem explicação. Eduardo declarou guerra contra gente grande da política e essas pessoas que ele prometia deixar de fora já mostraram que seriam capazes de tudo para permanecer no poder", atestou o popular que levou uma bandeira com a foto do ex-governador e cravou ao lado do túmulo.

Se mostrando bastante emocionado e incrédulo com o ocorrido, o taxista João Bonifácio, diz que sente como se tivesse perdido um familiar."Perdemos um exemplo de gestor inovador que sempre lutou pela classe mais humilde. Tínhamos uma esperança de que ele se tornasse o nosso melhor presidente do Brasil", afirmou o eleitor do socialista, lembrando que o fato não pode influenciar a escolha dos brasileiros nas urnas."Eduardo era o ponto de equilíbrio na chapa dele. Não sei se Marina possui condições de continuar o trabalho dele da mesma forma. Estamos tristes, mas a análise precisa ser bem feita nesse momento da política que é uma das piores da história brasileira".

Na entrada que fica perto do túmulo de Eduardo, os visitantes já se deparam com uma faixa que homenageia o ex-governador. A mensagem, que foi feita por um grupo de Ibimirim, no Sertão pernambucano, pede a Deus que conforte a família do gestor e que o "momento é de grande dor". Perto da faixa, várias coroas de flores decoram a entrada

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Envie sua história efaça parte da rede de conteúdo do grupo Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.