MTST promete nova onda de protestos em SP

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

postado em 17/07/2014 22:07 / atualizado em 18/07/2014 08:19

Agência Estado

Após a Polícia Militar e a Justiça firmarem acordo com o Movimento dos Trabalhadores Sem-Teto (MTST) para prorrogar por mais 15 dias o cumprimento da liminar de despejo de um terreno invadido no Morumbi, na zona sul, os líderes prometeram “chacoalhar” São Paulo na próxima semana. Chamada de Portal do Povo e de propriedade da construtora Even, a área abriga 4 mil famílias.

"Não vamos ficar de braços cruzados. A gente vai mostrar que não está de brincadeira, que a gente cansou. Vamos botar a cidade de São Paulo para chacoalhar, para tremer", disse uma das coordenadora do MTST, Natália Szermeta, em assembleia na ocupação na noite desta quinta-feira, 17. "Vamos juntar todo mundo do MTST, ir para a rua e exigir o que é nosso." A militante ainda ameaçou a Even: "Eles não terão sossego. Vamos mapear e ocupar todos os seus terrenos".

A construtora e o movimento não chegaram a nenhum acordo na terça-feira, quando se reuniram. Segundo Natália, a Even se recusou a negociar a destinação do terreno para moradia popular. A Even disse em nota que a propriedade é privada e que "demandas de moradia devem ser encaminhadas ao poder público".
Tags:
Comentários O comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.