Exército terá 300 oficiais no Rio na segurança da Copa

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

postado em 31/05/2014 18:49 / atualizado em 31/05/2014 19:10

Agência Estado

Trezentos oficiais do Exército estarão de prontidão na cidade do Rio de Janeiro durante a Copa do Mundo para atuarem contra eventuais atentados nucleares, químicos, biológicos e radiológicos. O principal foco dos militares estará em estações do metrô e no estádio do Maracanã, onde ocorrerão sete jogos do campeonato, inclusive a final, que será realizada no dia 13 de julho.

A informação foi divulgada pelo chefe da Divisão de Defesa Química, Biológica e Nuclear do Centro Tecnológico do Exército, tenente-coronel Paulo Cabral. "Antes do evento, é feita uma análise de risco em vários locais em que pode acontecer um evento desse tipo e eles são reconhecidos previamente", afirmou.

De acordo com o tenente-coronel Cabral, este grupo especializado de oficiais do Exército identificará o agente empregado no eventual atentado e auxiliará as possíveis vítimas dos ataques, para que sejam descontaminadas. Os militares trabalharão com tendas, que poderão ser montadas nos lugares atacados por terroristas.

Segundo o porta-voz do Exercito, as pessoas que forem identificadas como contaminadas deverão passar um posto de descontaminação total. Neste ponto, serão utilizados medicamentos líquidos especiais para que tal procedimento seja viabilizado. As informações são da Agência Brasil.
Tags:
Comentários O comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.