Ministério cria força-tarefa para proteger animais ameaçados de extinção

O trabalho da força-tarefa vai priorizar a proteção do boto vermelho, do peixe-boi-da-amazônia, da arara-azul-de-lear, da onça pintada, do muriqui, do tatu-bola, dos tubarões e arraias de água doce

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

postado em 24/05/2014 15:14 / atualizado em 24/05/2014 15:14

Agência Brasil

 REUTERS/Ricardo Moraes

O Ministério do Meio Ambiente (MMA) instituiu uma força-tarefa para proteger animais ameaçados de extinção. Além do ministério, a iniciativa tem apoio do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), da Polícia Federal, da Polícia Rodoviária Federal e do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade, dentre outras. A portaria de criação foi publicada no Diário Oficial da União da última quinta-feira (22).

O trabalho da força-tarefa vai priorizar a proteção do boto vermelho, do peixe-boi-da-amazônia, da arara-azul-de-lear, da onça pintada, do muriqui, do tatu-bola, dos tubarões e arraias de água doce. As atividades das instituições vão fiscalizar e combater ilícitos contra as espécies ameaçadas por tempo indeterminado.
Tags: